Probióticos diminuem náusea e vômitos na gravidez segundo estudo

O estudo norte-americano foi publicado na Health Europe

Resumo da Notícia

  • Um estudo foi publicado na Health Europe
  • O estudo apontou que probióticos diminuem náuseas e vômitos na gravides
  • Probióticos são encontrados em alimentos como iogurte, entre outros

Um estudo norte-americano publicado na Health Europe mostrou que probióticos diminuem as náuseas e vômitos na gravidez. Principalmente no início da gestação muitas mulheres sofrem com esses sintomas. O que os pesquisadores descobriram foi que tomar probiótico reduziu as horas de náusea (o número de horas que os participantes sentiram náusea) em 16%, e o número de vezes que eles vomitaram foi reduzido em 33%.

-Publicidade-

A ingestão de probióticos melhorou significativamente os sintomas relacionados à qualidade de vida, como fadiga, falta de apetite e dificuldade em manter atividades sociais normais, conforme apontado por questionários. Os probióticos diminuem também a constipação, apesar do avanço os pesquisadores acreditam que mais estudos devam ser feitos para consolidar a pesquisa.

Os probióticos são chamados de “bactérias benéficas”. Eles podem ser encontrados em alimentos como iogurte, kimchi, kefir, chucrute e tempeh. Os probióticos também estão disponíveis como suplementos alimentares. De acordo com o National Center for Complementary and Integrative Health, além de vitaminas, probióticos ou prebióticos foram o terceiro suplemento dietético mais comumente usado para adultos.

Probióticos diminuem náuseas e vômitos na gravidez
Probióticos diminuem náuseas e vômitos na gravidez (Foto: Getty Image)

Acredita-se que os probióticos apoiem ​​a comunidade de diferentes micróbios, frequentemente chamados de “microbioma intestinal”, encontrados no trato gastrointestinal. E durante a gravidez por conta do aumento da progesterona e do estrogênio, as mulheres sofrem muitas mudanças físicas.

Essas mudanças podem alterar o microbioma intestinal, o que provavelmente afeta as funções do sistema digestivo e causar sintomas indesejáveis ​​como náuseas, vômitos e prisão de ventre. O estudo durou 16 dias. Um total de 32 participantes tomaram uma cápsula de probióticos duas vezes ao dia durante seis dias e depois tiraram dois dias de folga. Eles então repetiram o ciclo.

Os probióticos estavam presentes sem receita e continham Lactobacillus, um tipo de bactéria boa. Cada cápsula continha aproximadamente 10 bilhões de culturas vivas no momento da fabricação. Os participantes mantiveram 17 observações diárias de seus sintomas durante a duração do estudo, para um total de 535 observações para os pesquisadores avaliarem estatisticamente.

“A causa das náuseas e vômitos durante a gravidez é desconhecida até hoje. Várias teorias foram propostas, mas nenhuma delas é conclusiva ”, disse Albert T. Liu, principal autor do estudo da Universidade da Califórnia. Davis e professor de obstetrícia e ginecologia explica que em muitos casos, os sintomas são tão graves, que algumas grávidas acabam hospitalizadas.

“Náuseas, vômitos e prisão de ventre durante a gravidez podem diminuir significativamente a qualidade de vida das pacientes. Uma vez que as náuseas e os vômitos durante a gravidez progridem, eles podem se tornar difíceis de controlar e, às vezes, a paciente até precisa ser hospitalizada ”, disse Liu.