Relato: “Eu odiava tanto o cheiro de água durante minha gravidez que nem conseguia tomar banho”

Luana Ribeira é mãe de três filhos – mas foi somente na gestação do caçula que ela adquiriu uma curiosa aversão ao cheiro de “água”, e viveu um período complicado

Resumo da Notícia

  • Uma mãe admitiu que detestava tanto o cheiro de água durante a gravidez que nem ao menos conseguia tomar banho
  • Luana Ribeira é mãe de três filhos, mas admitiu que essa situação tornou a terceira gestação a mais difícil de todas
  • Luana explicou a condição com detalhes

Uma mulher contou que detestava tanto o cheiro de água durante a gravidez que não conseguia nem tomar banho. É isso mesmo! Luana Ribeira é mãe de três filhos – e, para o portal The Mirror, admitiu que a situação vivida na terceira gestação a tornou a pior de todas.

-Publicidade-

É normal que os hormônios durante a gravidez transformem o cheiro de coisas habituais em coisas extremamente incômodas – mas até a própria Luana admite que a aversão à agua lhe surpreendeu. “Eu senti como se tivesse um olfato sobre-humano, o cheiro da água estava me tirando do sério. Me deu náuseas como se eu fosse vomitar assim que abrisse a torneira!”.

Luana tinha aversão ao cheiro de água
Luana tinha aversão ao cheiro de água (Foto: Reprodução/ The Mirror)

Por causa disso, a mãe conta que precisou revirar os supermercados em busca de garrafas de água que, por algum motivo, não lhe fizessem passar mal. Depois de muita procura, ela pôde encontrar a marca de água Fiji – e passou a gasta 90 euros por mês para que pudesse se hidratar.

Luana ainda lembra de um dia em que estava sem garrafas de Fiji – e teve de se virar. “Pensei em tentar beber água da torneira com Ribena para disfarçar o gosto porque estava com muita sede e era noite, então não havia lugar nenhum. Eu poderia ir buscar água de Fiji! Então, primeiro filtrei a água, depois fervi a água e deixei esfriar e depois coloquei Ribena nela. Achei que poderia estar tudo bem, mas não estava, estava muito ruim!”.

Os banhos também eram um pesadelo – e Luana relembra que só o chuveiro ligado lhe dava vontade de vomitar. Por isso, ela se abasteceu de lenços umedecidos e se virou para manter a higiene em dia.

“Ouvi dizer que você pode fazer coisas, mas não sabia que poderia ser tão forte quanto alguém colocando uma torneira e eu vomitando. Deveria ser algo que se falasse mais”, conta ela, sobre a mudança de hormônios na gestação. Que loucura!