Relato: “Minha colega de trabalho inventou que está grávida do meu filho e não sei o que fazer”

Um homem foi até o Reddit fazer um desabafo sobre uma situação um tanto quanto complicada que está vivendo no serviço, depois das brincadeiras de uma amiga

Resumo da Notícia

  • Um homem foi até o Reddit fazer um desabafo sobre uma situação um tanto quanto complicada que está vivendo no serviço, depois das brincadeiras de uma amiga
  • Ele contou que ela está grávida e está dizendo a todos que o bebê é dele
  • O homem, no entanto, explicou que os dois são só amigos e que eles nunca se relacionaram
  • Agora, ele pediu ajuda dos internautas para lidar com a situação

Um jovem usou as redes sociais para compartilhar uma situação um tanto quanto embaraçosa que passou no trabalho, depois que uma colega de trabalho engravidou e disse a todos que ele era o pai do bebê. Segundo o homem, cujo nome não foi revelado, a colega em questão disse que estava apenas brincando com a situação, mas que agora alguns dos funcionários da empresa começaram a achar que é verdade – embora ele esteja em um relacionamento sério com outra pessoa há 5 anos.

-Publicidade-

Ele explicou toda a situação em uma publicação no Reddit, dizendo que ele chegou a confrontar a mulher sobre a mentira e ela ficou chateada com ele por “constrangê-la” na frente de todos no trabalho. Agora ele não tem certeza se estava errado e não sabe o que fazer a respeito.

Relato: “Minha colega de trabalho inventou que está grávida do meu filho e não sei o que fazer” (Foto: Getty Images)

“Trabalho nesta lojinha e conheço minha amiga há quase dois anos. Ela gosta de brincar que somos esposos de trabalho porque sempre trabalhamos nos mesmos turnos e nos damos bem. Ela não diz isso o tempo todo, então nunca me incomodei antes. Ela engravidou há cinco meses e acho que está passando por todo o processo sozinha. Mas alguns meses atrás, ela começou a fazer piadas que eu sou o pai do bebê. Ela já disse coisas como: ‘ajude seu filho, a mãe dele está precisando desse banco'”, começou ele, contando.

“Ela fez mais algumas piadas como essa ou me pediu para ser útil e ajudá-la com as coisas no trabalho, porque ela está carregando meu filho. Ela só fez algumas dessas brincadeiras perto de mim e eu disse a ela para parar com isso. Uma vez eu estava fechando a loja com outra colega de trabalho e ela perguntou: ‘ei, então é verdade?’. Então ela disse que pensou que estávamos apenas brincando, mas que a nossa colega que está grávida estava dizendo que nós nos agarramos uma vez e eu definitivamente sou o papai”, continuou ele.

“Todo mundo estava começando a se perguntar agora porque ela disse isso muitas vezes quando eu não estava por perto. E isso não é nem perto de ser verdade. Sério, como assim?? Tenho uma namorada com quem estou há cinco anos”, seguiu, contando. Ele disse, ainda, que decidiu ir falar com ela sobre a situação e tirar uma satisfação a respeito de tudo que aconteceu, mas que ela acabou ficando chateada com ele.

“Ela ficou muito chateada com isso porque, para ela, ela estava apenas brincando e eu não tenho que gritar com ela. Mas fiquei tão furioso que ela estava contando isso pelas minhas costas. Nossos outros colegas de trabalho ao nosso redor viram, então ela ficou toda emocionada e foi ao banheiro. Não estamos falando um com o outro, mas ela disse que eu era uma pessoa péssima por ficar com raiva das piadas quando ela não estava falando sério e que eu estava a envergonhando na frente de todos. Agora eu não sei se eu estava sendo um idiota ou não”, completou o homem, pedindo a ajuda dos internautas.

A publicação rapidamente vializou e os internautas logo começaram a comentar. “Isso não era uma piada. Ela mentiu e disse às pessoas que vocês dormiram juntos para que acreditassem que o bebê era seu. Você precisa falar com alguém do RH imediatamente e fazer uma denúncia. Isso não está acontecendo para ir bem e você precisa ter a documentação sobre o que está acontecendo”, disse um. “A piada dela poderia ter custado seu relacionamento!”, pontuou outro. “Ela está sendo inadequada e criando um ambiente de trabalho hostil”, escreveu um terceiro.