Gravidez

Respira, vai dar certo! Saiba como amenizar a dor do parto

Relaxar e tentar controlar a respiração podem ajudar; veja mais dicas

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

pregnant-woman-touching-her-stomach-while-exercising-picture-id840830026

(Foto: iStock)

O trabalho de parto não leva esse nome por nada.  Ter um bebê é um trabalho difícil e parte dele é superar a dor, mas não entre em pânico. Há mais maneiras de administrar essa dor e você não precisa escolher apenas uma. “O truque é ter a maior quantidade de ferramentas possível, pois você não sabe o que vai funcionar até que você esteja no trabalho de parto”, diz Kim Hildebrand Cardoso, enfermeira-parteira certificada em Berkeley, Califórnia, e mãe de dois filhos. Portanto, respire fundo e prepare-se para entrar tentar controlar sua dor.

Relaxamento

“A coisa mais importante que você pode relaxar durante o trabalho de parto é a sua mente”, diz Stacey Rees, enfermeira-parteira certificada da Clementine Midwifery, em Brooklyn, Nova York. A ideia é simples – quando você tem medo, você fica tenso, o que piora a dor, o que faz você ficar mais tenso.

Respiração 

Para ficar relaxado, é crucial prestar atenção à sua respiração. Não importa se você está respirando normalmente ou fundo, desde que você esteja focada nela, você encontrará algum alívio. E não se sinta inibida em fazer ruídos altos e estranhos, mas é recomendado dar fortes gemidos de baixa frequência ao invés de gritos de filmes de terror, pois eles tendem a tornar a garganta tensa e apertada, mas isso nem sempre é possível.

Mova-se 

Andar, mudar de posição e rolar em uma bola de pilates pode não apenas aliviar a dor, mas também ajudar seu progresso de trabalho. Em um ambiente hospitalar, estar ligado a monitores pode limitar sua caminhada, mas você ainda pode tentar posições diferentes para aliviar a dor.

Água 

A água morna pode fazer maravilhas para diminuir a dor do parto. E não subestime o poder do chuveiro – o fluxo de água quente irá te manter relaxada e fará uma massagem também. Não existem regras rígidas, mas alguns médicos podem te advertir contra entrar na água em trabalho de parto prematuro (com menos de 4 centímetros) por medo de retardar as coisas.

Massagem 

Mesmo que você não ache que a contrapressão reduza a dor, fazer com que seu parceiro esfregue seus pés ou massageie suas mãos ou costas pode te distrair, relaxar e, em geral, fazer com que você se sinta cuidada, o que é um grande impulso moral.

Leia também:

17 fotos impressionantes de partos cesáreas

7 histórias reais de partos chocantes

Chegou a hora! Como identificar as contrações do parto

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não