Veja como fazer enxoval à distância e sem estresse durante a quarentena

Para que você não se apavore com a mudança dos planos devido ao isolamento social, conversamos com algumas especialista que deram dicas para que esse momento seja o mais tranquilo o possível

Resumo da Notícia

  • Muitos planos precisaram ser alterados devido ao isolamento social
  • Com isso, muitas mães não puderam preparar o enxoval do filho da forma que gostariam
  • Conversamos com algumas profissionais que deram dicas sobre as compras online
Sem desespero! Veja como fazer um enxoval à distância (Foto: Getty Images)

A gestação sempre vem acompanhada de uma série de escolhas e preocupações. É preciso pensar no enxoval, qual será a decoração do quarto do bebê, como será o parto e inúmeros outros detalhes. Engravidar durante a pandemia  traz algumas dificuldades adicionais, afinal, a maioria das lojas estão fechadas e muitas vezes os planos precisam ser alterados.

Por mais que as coisas não estejam acontecendo da forma que costumavam acontecer, seu filho continua crescendo e não irá esperar tudo se estabilizar para vir ao mundo. Mas, calma, não se desespere! Com um pouco de organização e planejamento, é possível se reinventar e fazer com que a vinda do seu bebê se torne um pouco mais parecida com o que você tinha em mente ao descobrir a gravidez.  Para te ajudar com essa organização, separamos tudo que você precisa saber para fazer as compras do enxoval do seu bebê online.

A empresária e assessora de enxoval, Melissa Biscoto, mãe de María Fernanda, mora nos Estados Unidos e costuma ajudar os pais brasileiros que desejam fazer as compras fora do país. Com a pandemia, no entanto, as viagens foram impossibilitadas, mas, nem mesmo por isso, as comprar pararam. A empresária continua auxiliando famílias que sonham em fazer o enxoval no exterior, mas agora de uma forma diferente: online. “Mesmo com a distância, é possível organizar um enxoval”, fala.

Lory Buffara, CEO da Mommy’s Concierge e mãe do Enrico e do Antonio, concorda com ela, mas ressalta que, com a distância, os planejamentos devem ser ainda mais intensificados. “O ideal para você preparar o enxoval do bebê à distância é um bom planejamento. As compras precisam ser feitas de uma maneira correta e sem erros. Justamente por ser um enxoval à distância, a troca torna-se um fator mais complicado e nada melhor que ter uma boa lista para seguir. Fazer as compras dentro do seu orçamento e pensar bem em cada item antes de comprar para ver se realmente você vai precisar, são ótimas dicas para levar em consideração”, aconselha.

Quanto tempo antes?

Além de ter uma lista completa dos itens que você irá precisar, é necessário se atentar com o tempo de entrega dos produtos. As compras online tendem a pedir um período maior para que a mercadoria chegue até sua casa, portanto, se planeje com antecedência para que nenhuma peça chegue atrasada. “Se você desejar fazer o enxoval no Brasil, você pode começar as compras a partir do 4º mês de gestação. Lembre-se sempre que itens personalizados, decoração do quarto de bebê e móveis demoram mais tempo para serem feitos, então leve sempre isso em consideração e não deixe tudo para a última hora”, aconselha Lory Buffara.

No caso do enxoval no exterior, o preparo precisa de um tempo ainda maior. Lory aconselha que neste caso, os pais  comecem a se planejar logo no terceiro mês de gravidez. “Temos que levar em conta o prazo do envio que pode demorar de 30 a 150 dias para chegar no Brasil”, acrescenta Melissa Biscoto.

A dica principal é conhecer a marca e o site no qual você pretende comprar (Foto: iStock)

Onde comprar?

Como em quase tudo que se compra online, a dica principal é conhecer a marca e o site no qual você pretende fazer a compra. “Eu recomendo procurar por marcas mais conhecidas e que são referências, principalmente por não estar vendo a peça pessoalmente e precisar fazer a escolha através de uma tela. Se a loja que você escolher não for tão conhecida, sugiro fazer uma pesquisa mais afundo, ver se tem algum problema com pedidos e qualidade”, sugere Lory.

O produto não era o que eu imaginava, e agora?

Por mais que você peça conselhos, contrate uma assessoria, pesquise e se certifique da qualidade do produto, algumas falhas podem acontecer no caminho. A política de trocas online acontece de uma forma diferente que nas lojas presenciais e é um pouco mais complicada. Justamente por isso, a dica é fazer uma grande pesquisa antecipadamente, mas caso o produto não for mesmo o que você esperava, é possível sim fazer a troca.

Depende de cada loja a forma que esse serviço é feito, mas é extremamente importante que o pedido de troca seja feito rápido. Ou seja, recebeu e não era o que queria, notifique a marca já! “Recomendo que verifique todas as compras assim que você receber as caixas e já entre em contato para realizar a troca. Algumas grávidas deixam para abrir as compras quando o quarto está pronto, mas aí pode ser muito tarde para a devolução“, orienta Lory.  A dica também é valida para as compras no exterior. “Aqui nos EUA existe política de devolução, porém deve ser feita em até 30 dias”, explica Melissa.

Sem desespero!

É completamente normal que você fique um pouco estressada ao longo de todo esse processo. Mas é importante que você saiba organizar seu tempo para que sua rotina não seja totalmente voltada a algo que, apesar de trabalhoso, deve ser divertido. “Manter a calma é fundamental, pensamento positivo que vai dar tudo certo e, o mais importante, seguir todas as orientações do Ministério da Saúde e do seu médico, para garantir que tudo ocorra bem”, diz Melissa Biscoto.

Lory Buffara concorda. “A gravidez em si já vem com alterações de humor por conta dos hormônios e, neste momento de quarentena, eles acabam sendo mais intensos, mas lembre-se você está gerando uma nova vida e não há uma crise global que defina a vida de uma criança ou a sua gravidez”, finaliza.