Família

Síndrome de burnout na maternidade: sim, existe! Te ajudamos a entender

porumfio - Foto: Istock
Foto: Istock

Publicado em 02/08/2019, às 10h50 - Atualizado em 26/04/2021, às 09h32 por Redação Pais&Filhos


Crises de pânico, desânimo, choro fácil, tontura, dor de cabeça, exaustão, irritabilidade. Todos esses sintomas podem ser facilmente associados a um trabalhador estressado, que não suporta mais levantar todos os dias para ir ao trabalho, doença conhecida como síndrome de burnout. Porém, cada vez mais, eles também podem ser vistos em pais e mães no exercício da maternidade e paternidade, o que é chamado de síndrome de burnout parental.

“Tanto a síndrome de burnout que acomete os trabalhadores do mundo corporativo, como a parental, possuem os mesmos sintomas. As duas são sinônimos de desgaste, com as pessoas ficando mais agressivas, irritadas e com dificuldades de manter o equilíbrio; o que as diferencia são as causas. Ou seja, o trabalho e o dia a dia com os filhos”, explica o psiquiatra Leonard Verea, formado pela Faculdade de Medicina de Milão, na Itália.

Tratamento

Segundo Verea, pessoas inseguras, perfeccionistas, que não gostam de pedir ajuda são as mais propensas a sofrerem de burnout. Assim, aprender a delegar tarefas, reservar um tempo para si, praticar atividade física, pedir a ajuda dos avós, tios e padrinhos, por exemplo, ajuda a prevenir e, até mesmo se livrar do problema. Porém em casos mais sérios, quando o burnout passa a interferir na relação com os filhos e na capacidade de cuidar deles, é preciso procurar ajuda especializada.

“Hoje em dia, existem diversas abordagens terapêuticas para ajudar pacientes com problemas de saúde mental e, na maioria dos casos, os resultados são satisfatórios. No caso do burnout, o tratamento costuma ser terapêutico e, eventualmente, se faz necessário o uso de medicamentos, depende de cada caso”, diz o médico.

O diagnóstico precoce facilita a cura, por isso, é importante fazer uma avaliação com um profissional ao menor sinal de que algo está errado, mesmo porque, alerta o médico, as crianças com pais acometidos pela síndrome podem, no futuro, apresentar problemas de saúde mental, como hiperatividade e déficit de atenção.

Por Gladys Magalhães 

Leia também:

17 dicas para uma gravidez saudável

Sangramento na gravidez? Te ajudamos a saber quando é normal

10 perguntas e respostas sobre pressão alta na gravidez


Palavras-chave
Maternidade

Leia também

Alok faz anúncio em vídeo no Instagram - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Alok compartilha vídeo em família para anunciar: "Agora somos 6"

Mãe faz penteado maluco insipirado no trolls - Reprodução/ Instagram

Criança

Dia do cabelo maluco: mãe viraliza ao fazer penteado inspirado em um desenho infantil

Sasha tem dois irmãos por parte de pai - reprodução / Instagram

Família

Sasha Meneghel abre o jogo e fala sobre relação com os irmãos: “Tive que dar uma regulada nisso”

Virginia mostra mochila que filha escolheu para escola - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Virginia compra mochila de quase R$ 1 mil para filha de 2 anos levar para escola

Lore Improta disse quando pretende ter o segundo bebê - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família vai aumentar! 👨‍👩‍👧‍👦

Lore Improta fala sobre a chegada do 2º filho com Léo Santana: 'Curtir nossa família'

Arthur Aguiar e Jheny Santucci estão esperando o primeiro filho juntos, depois de terminarem o namoro - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Namorada de Arthur Aguiar chora ao desabafar sobre problema com o filho recém-nascido

Mãe descobre que filha estava deixando bilhetes com pedidos à faxineira (Fotos: reprodução TikTok)

Família

Mãe conta que descobriu que filha de 6 anos estava deixando recados para faxineira e viraliza

Registro feito por Ana Paula Siebert ao lado de Roberto Justus - Reprodução/Instagram

Família

Roberto Justus fala sobre desgaste no relacionamento com Ana Paula Siebert: “Ela odeia”

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!