Veja os principais nutrientes para cada fase da gestação e para que servem

Para quem quer engravidar ou já está grávida, uma alimentação saudável é muito importante e exige alguns cuidados específicos. Com todas as mudanças do corpo da mãe, te contamos quais são os principais alimentos que não podem ficar de fora da sua dieta

Resumo da Notícia

  • Veja quais são os principais nutrientes para cada trimestre da gestação
  • Saiba como ter uma alimentação balanceada e saudável durante a gravidez
  • Descubra no que eles podem te ajudar (e muito!)

Quando o assunto é alimentação na gravidez, muitas dúvidas podem surgir do que se pode, ou não, comer neste período tão importante (e cheio de cuidados!). Ao longo dos três trimestres, o corpo da grávida passa por diversas alterações e com elas, a necessidade de ingerir nutrientes específicos que ajudam a mãe e o bebê.

-Publicidade-
Veja quais são as dicas de ouro para ter uma alimentação saudável durante a gravide (Foto: Getty Images)

Para aproveitar cada momento e manter uma gravidez saudável, te contamos algumas dicas de ouro para cada período da gestação, além dos principais nutrientes para começar a fazer parte do seu cardápio agora mesmo! E claro, não esqueça de incluir proteínas, vitaminas, carboidratos e alimentos frescos nesta nova rotina.

Primeiro trimestre

Para o primeiro trimestre, é indicado apostar em alimentos ricos em ácido fólico e vitamina B9 (Foto: Getty Images)

Para começar, você pode investir em alimentos ricos em vitamina B9 e ácido fólico, mas claro, não deixe de consultar o seu médico para saber qual deles é mais recomendado para a sua gestação. A ingestão destes nutrientes pode prevenir a malformação do tubo neural, além de ajudar no desenvolvimento do sistema nervoso do bebê. E para quem pretende engravidar, a ótima notícia é que os alimentos são ótimas opções para aumentar as chances da concepção.

-Publicidade-

Alimentos que você pode apostar:

  • Vegetais de folhas verde-escuras;
  • Ovo cozido;
  • Lentilhas e feijões;
  • Frutas cítricas.

Para a nutricionista Milena Cornacini, ingerir ovos durante a gestação pode trazer diversos benefícios: “Eles têm potencial para beneficiar o nascimento, a composição do leite materno, a nutrição infantil e o desenvolvimento do cérebro, além de contribuir para a absorção e metabolização de substâncias ligadas ao desempenho hormonal e imunológico“, explica. Por ser rico em proteínas e ter boa digestibilidade, é indicado que ele seja consumido com a clara e a gema, além de poder ser ingerido ao longo da toda gravidez.

Segundo trimestre

A vitamina C, o magnésio, a vitamina B6 e o ferro não podem ficar de fora do cardápio! (Foto: Shutterstock)

Neste período, as expectativas só aumentam e é muito importante continuar se cuidando! Para a segunda fase da gestação, Milena destaca os quatro principais nutrientes que você não pode deixar de fora da alimentação: a vitamina C, o magnésio, a vitamina B6 e o ferro.

Vitamina C: além de auxiliar no aumento da absorção do ferro no organismo, ela fortalece o sistema imunológico e age na formação do colágeno;

Alimentos que você pode apostar:

  • Pimentão amarelo;
  • Goiaba;
  • Acerola;
  • Brócolis;
  • Laranja;
  • Limão.

Magnésio: ajuda na formação e crescimento dos tecidos no corpo e é uma ótima aposta para diminuir os riscos de pré-eclâmpsia, cansaço e cãibras durante a gestação;

Alimentos que você pode apostar:

  • Castanhas;
  • Banana;
  • Abacate;
  • Arroz integral;
  • Alcachofra;
  • Ervilha.

Vitamina B6: ótimo para prevenir os tão temidos enjoos! Além disso, auxilia na prevenção da depressão pós-parto e ajuda no desenvolvimento, crescimento e ganho de peso do bebê;

Alimentos que você pode apostar:

  • Melancia;
  • Frango;
  • Fígado;
  • Avelãs;
  • Batata;
  • Ameixa.

Ferro: um nutriente poderoso para a produção de hemoglobina, além de ser responsável pela oxigenação no sangue e prevenção de anemias ao longo da gravidez.

Alimentos que você pode apostar:

  • Feijões;
  • Lentilhas;
  • Espinafre;
  • Couve;
  • Ovos de galinha;
  • Grão de bico.

Terceiro trimestre

Os alimentos são poderosos em poder diminuir as chances de diversos problemas ao longo da gestação (Foto: Getty Images)

Reta final! Na última fase da gestação, a nutricionista destaca a importância de se consumir cálcio. Além de ajudar na formação óssea do bebê, este nutriente é poderoso para contribuir com a pressão sanguínea, batimentos cardíacos e contrações musculares. “A falta de cálcio pode causar cáries, cãibras e unhas quebradiças. Mais uma dica: não se deve consumir cálcio e ferro ao mesmo tempo, pois um nutriente atrapalha a absorção do outro”, alerta Milena.

Já o ômega 3 e a vitamina D também não devem ficar de fora do cardápio no último trimestre! O primeiro auxilia diretamente na formação do cérebro e sistema nervoso do bebê, além de diminuir os riscos da depressão pós-parto da mãe. No caso do segundo nutriente, as chances de uma pré-eclâmpsia, diabetes gestacional, parto prematuro, aborto espontâneo, raquitismo e vaginose bacteriana podem diminuir muito!

Alimentos com cálcio que você pode apostar:

  • Iogurtes naturais;
  • Leite integral e desnatado;
  • Amêndoa;
  • Ricota;
  • Brócolis.

Alimentos com ômega 3 que você pode apostar:

  • Truta
  • Salmão
  • Atum
  • Azeite de linhaça
  • Abacate

Alimentos com vitamina D que você pode apostar:

  • Suco de laranja
  • Óleo de fígado de bacalhau
  • Ovos
  • Atum
  • Sardinha

Para ficar de olho!

Apesar da importância de ter uma alimentação saudável durante a gravidez, vale buscar sempre a ajuda de um profissional para planejar uma dieta especializada. No caso do ovo, mesmo sendo um alimento rico em nutrientes para as grávidas, existem algumas orientações para o consumo correto.

A principal indicação é sempre ingerir o alimento bem cozido, para evitar a transmissão de bactérias como, por exemplo, a Salmonella, que também pode ser encontrada em musses, maioneses e molhos feitos com alimentos crus e mal cozidos.

-Publicidade-