Virgínia Fonseca chama a atenção com tamanho da barriga na gravidez: “Da Maria Alice não foi assim”

Virgínia Fonseca publicou stories no Instagram no quais compartilhava com os seguidores o tamanho da barriga no quarto mês de gestação. Ela está esperando o segundo filho ao lado de Zé Felipe

Resumo da Notícia

  • Virgínia Fonseca surpreende com tamanho da barriga na gravidez
  • Ela está esperando o segundo filho ao lado do cantor Zé Felipe
  • Nos stories do Instagram, a influenciadora admitiu estar "chocada" com o corpo na gestação

Virgínia Fonseca chamou a atenção ao mostrar o tamanho da sua barriga no quarto mês da gravidez. Ela está esperando o segundo bebê ao lado de Zé Felipe – e os dois já são pais de Maria Alice. Por causa disso, Virgínia se surpreendeu com o corpo na gestação, e não deixou de conversar sobre isso com seguidores do Instagram.

-Publicidade-

“Gente! Olhem minha barriga, o tamanho que está. Estou chocada. De quatro meses da Maria Alice não estava assim”, desabafou Virgínia, nos stories.

Virgínia mostrou o tamanho da barriga para os seguidores do Instagram (Foto: Reprodução/ Instagram)

Na última semana, Virginia Fonseca recebeu alta do Hospital Nova Star na quarta-feira, 18 de maio. A influenciadora estava internada desde o dia 16 de maio. Ela foi diagnosticada com cefaléia refratária e ela usou as redes para anunciar a saída do hospital.

“Gratidão por terem cuidado tão bem de mim [no hospital]. Lembrando que alta não quer dizer estripulias, né mores? Eu vou ficar de repouso amanhã o dia inteiro. Preciso agradecer também a todo mundo que continuou aqui [no Instagram] me acompanhando e me mandando forças. Amo vocês demais!” disse ela nas redes.

Ela recebeu alta pela tarde
Ela recebeu alta pela tarde (foto: reprodução/ Instagram @virginia)

Entenda o caso da influenciadora

Mas, afinal, o que é essa tal de cefaleia refratária? Conversamos com a Dra. Inara Taís de Almeida, neurologista e neuroimunologista, membro titular da Academia Brasileira de Neurologia, que nos explicou um pouco mais sobre a condição. “Cefaleia refratária é um termo médico usado para descrever uma dor de cabeça mais duradoura que o habitual, no caso da enxaqueca seria uma dor de cabeça com duração maior que 72 horas. O diagnóstico geralmente é realizado quando a pessoa apresenta uma dor de cabeça duradoura que não melhora com tratamento habitual”, esclarece.

O tratamento nesses casos costumam ser um pouco mais específicos e precisam ser realizados no hospital ou em um pronto socorro, como apontado pela neurologista. Já as causas são as mesmas que já conhecemos, de uma dor de cabeça comum:  alterações no sono, alimentação não-balanceada,  estresse e até mesmo outros problemas de saúde no organismo.