;
Mais

Bella Falconi mostra barriga pós-parto e faz relato sincero no Instagram

"Maternidade sem máscaras e sem filtro, escreveu a nutricionista

Jennifer Detlinger

Jennifer Detlinger ,Filha de Lucila e Paulo

(Foto: Reprodução/Instagram)

(Foto: Reprodução/Instagram)

A nutricionista Bella Falconi deu à luz sua segunda filha, Stella, na última segunda-feira (20), no período da manhã. A blogueira é casada com Ricardo Maguila, seu atual empresário, e também é mãe de Vicky, que completou três anos dia 21 de agosto.

Depois de contar que tem tido muita dificuldade para amamentar recém-nascida em seu perfil do Instagram, Bella compartilhou com seus seguidores neste domingo (26) uma foto de seu corpo 6 dias após o parto, junto com um texto explicando o porquê de não estar usando cinta“Maternidade sem máscaras e sem filtro: recebi uma mensagem onde a seguidora me perguntava – por que sua barriga está tão grande se você não engordou tanto na gravidez e sempre foi tão saudável?”, escreveu a blogueira.


Visualizar esta foto no Instagram.

6 dias pós parto. Maternidade sem máscaras e sem filtro: recebi uma mensagem onde a seguidora me perguntava – por que sua barriga está tão grande se você não engordou tanto na gravidez e sempre foi tão saudável? Irei compartilhar um artigo da revista Parents escrito por um médico americano. . . “Primeiro, vamos dar uma olhada na biologia pós-parto: ‘Com todas as mudanças hormonais e de fluidos que ocorrem durante a gravidez, a quantidade de retenção de água após o nascimento pode ser intensa, desconfortável e um pouco chocante’ afirma Dr. Ross. Para muitos, essa retenção de água no pós-parto é pior durante a primeira semana após o parto do que durante a gravidez. Demora cerca de duas semanas para a retenção abrupta se dissipar e cerca de duas semanas para o restante desaparecer. Enquanto isso, uma nova mãe ainda espera que seu útero encolha do tamanho de uma melancia para o tamanho da pêra, o que pode levar até seis semanas, diz Dr. Ross. . . Usar cinta acelera esse processo? Eu não encontrei nenhum artigo científico que comprovasse. Eu sempre achei que adiantava (inclusive usei após o nascimento da Vicky), mas a evidências mostram que não é bem assim. Minha médica NÃO recomendou, pois segundo ela o efeito é temporário e “placebo”. . . Ainda segundo a revista Parents: “toda essa perda de fluido e encolhimento da barriga ocorre naturalmente, quer você esteja usando cinta ou não. ‘Cintas e faixas muitas vezes prometem que podem ajudar a aliviar a retenção de água e encolher o útero mais rápido, mas isso não é de forma alguma comprovado clinicamente”, diz Dr. Ross. . . Na verdade, não há estudos mostrando que as cintas ajudam na perda de peso. Pense da seguinte forma: “finja que o meio do seu corpo é um balão macio, porém cheio, e você amarra uma corda ao redor dele. O que acontece? “O ar fica deslocado e se move para as bordas externas do balão. Isso é o que acontece quando você usa um cinta. Você desloca a água, até mesmo órgãos e tecidos moles. Você não muda a composição ou estoque de gordura corporal” afirma Holly Perkins, uma especialista certificada em força e condicionamento. Converse com seu médico e siga as recomendações dele, sempre. ?? look @liveoficial

Uma publicação compartilhada por Bella Falconi (@bellafalconi) em

Ela usou uma reportagem da revista Parents, da qual temos o direito exclusivo de reprodução aqui no Brasil, para explicar como funciona a biologia do pós-parto.“Com todas as mudanças hormonais e de fluidos que ocorrem durante a gravidez, a quantidade de retenção de água após o nascimento pode ser intensa, desconfortável e um pouco chocante’ afirma Sherry Ross, ginecologista e obstetra. Para muitos, essa retenção de água no pós-parto é pior durante a primeira semana após o parto do que durante a gravidez. Demora cerca de duas semanas para a retenção abrupta se dissipar e cerca de duas semanas para o restante desaparecer. Enquanto isso, uma nova mãe ainda espera que seu útero encolha do tamanho de uma melancia para o tamanho da pera, o que pode levar até seis semanas.”

Em seguida, Bella contou que não encontrou nenhum artigo científico que comprovasse que o uso da cinta acelera esse processo. “Eu sempre achei que adiantava (inclusive usei após o nascimento da Vicky), mas as evidências mostram que não é bem assim. Minha médica NÃO recomendou, pois segundo ela o efeito é temporário e placebo”, escreveu.

Como a nutricionista compartilhou, toda essa perda de fluido e encolhimento da barriga ocorre naturalmente, quer você esteja usando cinta ou não. “Cintas e faixas muitas vezes prometem que podem ajudar a aliviar a retenção de água e encolher o útero mais rápido, mas isso não é de forma alguma comprovado clinicamente”, diz Dr. Ross.

Usar ou não a cinta?

O uso de cinta no período pós-parto é um assunto controverso e não há unanimidade entre os profissionais para indicar ou não o seu uso. Por isso, é importante seguir aquela velha dica: converse com o seu médico. É ele quem deve avaliar se há necessidade de uso. Por exemplo, quando é feita alguma técnica para reparo com cicatrização na região abdominal, a cinta pode ser recomendada.

Muitas mulheres acreditam que o uso da cinta é importante para colocar a musculatura novamente no lugar, ou seja, acham que há um efeito estético. Mas ela não ajuda nesse processo da forma como se imagina. A recuperação do corpo no pós-parto é totalmente diferente do pós-cirúrgico de uma operação estética, por exemplo. O organismo materno retorna quase que totalmente às condições antes da gravidez e não é necessário fazer quase nada, pois este é um processo natural e fisiológico da mulher saudável.

Leia também:

Bella Falconi chora ao falar sobre dificuldade para amamentar Stella

Bella Falconi publica a primeira foto com a filha, Stella

O que você precisar saber sobre usar a cinta no pós-parto