Betty Monteiro esclarece dúvidas sobre comportamento das crianças na Pais&Filhos TV

A psicóloga, pedagoga e escritora Betty Monteiro dá dicas de como melhorar o comportamento do seu filho

Acha que seu filho está se comportando mal? A psicóloga, pedagoga e escritora Betty Monteiro respondeu dúvidas enviadas pelos nossos seguidores no Facebook sobre o assunto. Imperdível! Mande suas perguntas e dúvidas através do comentários para Betty responder.

-Publicidade-

Dicas para desapegar do mau comportamento do seu filho

Temos o costume de achar que certos comportamentos desafiadores e hábitos “ruins” dos nossos filhos fazem apenas parte de quem eles são. Mas como Harold S. Koplewicz, conselheiro da revista americana Parents e médico escreveu em seu novo livro ‘O efeito andaime’, nossa compreensão dos nossos filhos pode ser distorcida pelas nossas percepções. Veja como treinar seu cérebro e explorar o verdadeiro potencial do seu filho.

“Eu costumo mostrar aos pais uma foto com 20 crianças num parquinho e peço que me digam o que notaram primeiro. Eles geralmente percebem a criança que está com o dedo no nariz, ou aquela que está chorando, ou a que está se preparando para bater em um colega. O que eles não percebem são as crianças que estão brincando juntas, que parecem calmas e aquelas que estão convidando o colega para participar da brincadeira”, diz Harold S. Koplewicz.

Você pode estar se perguntando: então devo focar apenas no que é positivo e fingir que os comportamentos negativos não estão acontecendo? Não. Recalcule a rota da sua parentalidade de maneira que você possa observar todos os comportamentos do seu filho. “Se você conseguir prestar mais atenção nos comportamentos positivos do seu filho, verá eles mais do que imagina”, diz David Anderson, Ph.D. e psicólogo clínico do Instituto da Mente Infantil, em Nova York.

Claire poderia tentar focar no oposto do Daniel derramando as coisas, que poderia ser, por exemplo, celebrar todas as vezes que ele bebe um copo de suco sem incidente. Uma vez que você tenha esses ‘opostos’ em mente, tente percebê-los – e elogie seu filho quando isso acontecer. Diminua o seu nível de estresse com uma criança que acorda cinco vezes por noite, e reconheça quando ela conseguir ficar pelo menos uma noite inteira.

Tente visualizar uma proporção de três para um em relação a apreciação e crítica. É difícil de fazer quando você apenas percebe o lado negativo, mas a recompensa a longo prazo vale a pena. “Aprecie seu filho quando ele fizer algo positivo, diminua a gritaria e o foco nos comportamentos negativos, e você verá uma mudança real de comportamento”, diz. Dr. Anderson.