Mais

Gosta de grão-de-bico? Conheça os benefícios do alimento

Além de ser uma opção gostosa para comer, o alimento é ótimo para a saúde

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

wooden-bowl-overflowing-with-chickpeas-topped-with-parsley-picture-id137302332 (1)

Foto: Istock

O grão-de-bico é uma leguminosa natural da Ásia, rica em proteínas e fibras, o que a faz uma aliada da boa digestão. Versátil, é uma opção deliciosa tanto para o dia a dia, como para o lanche do final de semana. Veja algumas curiosidades do alimento!

Passaporte

O grão de bico é uma leguminosa original da Ásia. Muito consumido na Índia, em países do Oriente Médio e em algumas culinárias europeias, como a grega e a espanhola, ele chegou ao Brasil na época da colonização portuguesa, mas só se tornou mais popular com a chegada dos imigrantes espanhóis e árabes.

Tipos

Existem três tipos de grão-de-bico, porém só um é encontrado no Brasil, a variante Kabuli, que possui sementes cor creme e casca mais fina. A mais consumida no mundo, entretanto, é o grão do tipo Desi, cujas sementes são menores, de cor escura e casca mais grossa. Parecido com uma ervilha, o terceiro tipo é chamado de Gulabi, de superfície lisa, ele possui tamanho médio, ou seja, é menor que o Kabui, mas supera o Desi.

Bom para a digestão

Fonte de proteínas e carboidratos, o grão-de-bico possui alto grau de digestibilidade, o que quer dizer que ele torna a digestão muito mais fácil. Além disso, a leguminosa é rica em fibras, o que favorece o controle da glicemia.

Versatilidade

Quer uma opção mais saudável do que carne para servir de lanche para a criançada? O hambúrguer de grão-de-bico é uma ótima opção. No mais, a leguminosa também pode ser servida como patê, salada, ou mesmo caldo, no lugar do feijão.

Vale lembrar, que é importante retirar a casquinha para servir aos pequenos e que o seu consumo deve se dar, preferencialmente, no horário do almoço, pois, como toda a leguminosa, pode aumentar a incidência de gases.  Segundo a nutricionista Maria Elisa Yaemi, do Hspital e Maternidade São Luiz Itaim, mãe de Marco Antonio, a recomendação é que se coma o grão de três a quatro vezes por semana.

Sem neuras

Ok, o grão-de-bico é benéfico, mas é tão difícil de cozinhar, não é mesmo? Pois, podem ficar tranquilos, já que a versão pré-cozida, comercializada em caixinhas ou latas, não traz nenhuma perda nutricional.

 

Informação nutricional em 36 gramas

Calorias 127 kcal

Carboidratos 20.8 g

Proteínas 7.6 g

Potássio 401.7 mg

Fósforo 123.2 mg

Sódio 1.9 mg

Cálcio 41.2 mg

Ferro 1.9 mg

Fibra 4.4 g

Gorduras 2 g

 

Leia também

Trocas tornam o lanche mais saudável

Saiba quais são os alimentos essenciais para a saúde das crianças

Veja 6 receitas deliciosas para fazer em casa no final de semana

 

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não