Mais

Histórias de Copa: família sempre unida

Não tem jeito, Copa do Mundo é um dos melhores momentos para se reunir com quem a gente ama!

Cecília Malavolta e Nathália Martins

caducam

(Foto: Arquivo Pessoal)

A melhor parte da Copa do Mundo é a oportunidade de se reunir com amigos e familiares. O Carlos Eduardo Camargo contou para a gente como foi a primeira Copa do Mundo do filho dele, o Pedro. Para eles, esse é o momento de se reunir com quem eles gostam e ficar junto vendo jogo e curtindo o encontro.

“Eu tenho o costume de me reunir com família e amigos durante a Copa do Mundo. Em 2002, durante o primeiro evento do meu filho Pedro, toda a minha família estava junto. Nós assistimos os aos jogos na casa da minha mãe e às vezes na minha, sempre uniformizados de verde e amarelo. Fazíamos comes e bebes e comemorávamos muito! Hoje, a Copa não tem uma importância tão grande como evento esportivo para ele, mas o Pedro está ansioso e contando os dias para se reunir com os amigos”

Leia também 

Histórias de Copa: o melhor mundial da minha vida!

Histórias de Copa: derrota (quase) infinita

Copa do Mundo: 9 dicas para fingir que entende de futebol