Luciana não teve dificuldades para amamentar, mas mesmo assim procurou especialista

“Amamentar exclusivamente por 6 meses ainda não está na nossa cultura”, diz

-Publicidade-

25/09/2012

Luciana, mãe de Alice Mansour.

-Publicidade-

“Comparando com as histórias de outras mães que eu li por aí, amamentar não foi fisicamente tão difícil pra mim. Os primeiros dias foram complicados: o leite mesmo só desceu no 5º dia e, claro, empedrou meus seios. Além disso, estavam muito doloridos. Me lembro de várias vezes colocar a Alice no peito enquanto mordia meus lábios, chorava e gemia de dor. Tomei sol nos seios, usei bico de silicone por alguns dias, usei concha e revezei os seios nas mamadas. Feriu, mas não chegou a rachar ou “ficar pendurado” como acontece com algumas mulheres. Então acho que não posso reclamar.


Mesmo assim, quando a Alice tinha sete dias, procurei ajuda de uma especialista em amamentação. A Cátia foi maravilhosa, me orientou, me aconselhou e tirou todas as dúvidas antes que alguma coisa mais grave acontecesse. Tenho certeza que isso foi essencial para que eu continuasse firme.Outra ajuda especial foi do papai da Alice. O Alex me apoiou desde o começo, e ainda me apoia em tudo! Lembro que quando acordava de noite para amamentar, eu pedia para ele ir junto comigo pra me fazer companhia – e ele ia, só pra ficar do meu lado, me apoiando.


 Por outro lado, senti muita pressão psicológica. A Alice chorava muito e me diziam que era fome. Mas eu tinha amamentado ela há dez minutos. Eu ficava desesperada com o choro dela, por que parecia que ela estava sofrendo. Diziam para dar chá, água, fórmula de leite, suco, remédios. Eu ficava cheia de dúvidas, e quase entregava os pontos, mas sempre dizia pra mim mesma para decidir no dia seguinte. Então, com a cabeça mais tranquila, eu decidia continuar apenas com meu leite.


 Qual foi a surpresa quando fomos à consulta de um mês da Alice na pediatra e a ela tinha engordado 1,3 kg. Que fome que nada, ela é manhosa mesmo, rs. Amamentar exclusivamente nos seios por 6 meses ainda não está na nossa cultura. As pessoas se espantam e questionam: “ela não toma nem suquinho? já deveria estar tomando” Mas eu sigo firme e forte”.
 
 

    -Publicidade-