Notícias

Adolescência agora vai até os 24 anos. Por quê?

Segundo pesquisa, essa fase da vida, que antes durava até os 19 anos, foi estendida

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Adolescência não é uma fase fácil de nossas vidas, tanto como mães e pais, quanto como filhos. E agora, de acordo com um grupo de cientistas, da Austrália, a etapa que antes durava até os 19 anos, irá se estender até os 24. Eles dizem que isso acontece muito mais culturalmente, por causa do ambiente social onde o jovem está inserido, do que biologicamente.

Você já sabe que esse ano a revista Pais&Filhos completa 50 anos e, para celebrar, estamos conversando com vários especialistas no projeto +50, onde tentamos traçar previsões para várias áreas da nossa vida para os próximos 50 anos. Na edição de fevereiro, trouxemos uma reportagem com uma bomba: seu filho é parte da geração que vai viver mais de 100 anos! Pensando nisso, talvez uma adolescência um pouco mais longa faça até algum sentido, né?

O nosso pediatra Dr. Claudio Len, pai de Silvia, Beatriz e Fernando, explica o por quê: “o fato de que os jovens de hoje estudem até mais tarde, ou não constituam uma família com 24, 25 anos faz com que eles se encaixem em uma “adolescência tardia”, por uma questão emocional, e não física”.

Pesquisadores da revista australiana Lancet Child & Adolecent Health afirmam que o cérebro continua se desenvolvendo depois dos 20 anos. Eles apontam também que muitos desses garotos e garotas não têm os dentes do siso ainda, por exemplo, o que é mais um fator para a comprovação de que adolescência percorra até os 24 anos.

Dr. Claudio finaliza: “é muito mais uma nomenclatura, do que uma ação. Mas é algo interessante e de se pensar, né?”

Leia também:

Puberdade precoce: saiba como identificar e tratar

Diário de um pré-pré-adolescente

Conectados! 86% das crianças e adolescentes têm perfil em alguma rede social

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não