Amamentando sem dor

Thays Cubos, mãe de Mariana, decidiu que só iria amamentar quando as dores melhorassem, e com a orientação certa elas melhoraram

-Publicidade-

Thays Cubos mãe de Mariana  participa da campanha Culpa,Não! O tema do mês de Junho é  “Não dou leite comum, dou fórmula”  se você também quiser participar siga a nossa página no Facebook e mande um depoimento sobre o tema do mês para giovanna@revistapaisefilhos.uol.com.br .  

Cada vez que lembro o que passei nos primeiros dias com a Mariana, sinto vontade de chorar. Na maternidade tive muito leite, doía demais!Decidi não amamentar até que eu  melhorasse. Pois fiquei machucada . Devido  a isso Mariana tomou formula.

-Publicidade-

Antes  de sair da maternidade, fui ao banco de leite fazer uma ordenha. Recebi informações sobre amamentação, me senti confiante… Mas na prática isso não rolou.. 

Essa foi a pior noite, eu chorava de dores, pois minhas mamas empedraram . Tentei amamentar, ordenhar, nada funcionava.

Mariana chorava desesperadamente de fome.. A saída foi comprar formula.

Na manha seguinte fui ao Banco de leite, onde  REALMENTE fui orientada. Recebi massagem durante 1hora para desempedrar minhas mamas. Lembro perfeitamente das dores da massagem, e o alivio que proporcionou não tem explicação!

Depois dessas orientações voltei amamentar. Dessa vez com prazer. E sem dores!

Claro que houve situações de stress que o leite diminuiu e tive que recorrer a formula.

Cheguei a escutar , de muitas  pessoas “meu peito sangrava, enquanto eu amamentava”., “Sentir dor é normal “ 

Por favor!! Que adianta amamentar e se machucar? Só pra dizer que amamentou??

Importante  é a mãe estar bem física e psicologicamente. Seja amamentando  ou dando mamadeira.

Amamentei enquanto ela quis.  Infelizmente só chegamos aos 6 meses.

Não sinto Culpa por  dar formula.

Hoje ela esta com 10 meses super saudável e feliz!

Penso que não importa que leite é. Seja peito, ordenhado ou formula o principal é a criança não ter fome e crescer saudável.  E a mãe sentir-se bem!
 Com o ou sem o apoio  de familiares. O Principal é a mãe não ter Culpa.
Sei que não sou  a primeira e nem a ultima mãe a recorrer a formula.

Mas confesso sentir  Saudade de amamentar!
E la parava de mamar só para me olhar nos olhos e dar AQUELE sorriso!

Hoje ela  faz isso com a mamadeira!

Não sou  e nem me sinto Menos Mãe por ter amamentado por pouco tempo e optado pela formula.

Que Deus abençoe o Banco de Leite, e quem inventou a Formula!

-Publicidade-