Atenção para alagamentos: chuva compromete todas as regiões de São Paulo

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura, áreas de instabilidade vindas do interior já provocam pancadas de chuva em diversos bairros

Resumo da Notícia

  • Nesta terça-feira (2), uma forte chuva assolou a capital de São Paulo e por esse motivo a região está em estado de atenção para alagamentos;
  • De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura, áreas de instabilidade vindas do interior já provocam pancadas de chuva em diversos bairros;
  • Saiba como agir em em casos de chuva.

Nesta terça-feira (2), uma forte chuva assolou a capital de São Paulo e por esse motivo a região está em estado de atenção para alagamentos. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura, áreas de instabilidade vindas do interior já provocam pancadas de chuva em diversos bairros.

-Publicidade-

De acordo com o G1, a capital tem 19 pontos de alagamento ativos, segundo balanço do CGE. Um dos alagamentos ocorre na Avenida 23 de Maio, na altura do Vale do Anhangabaú, região central de São Paulo. O Corpo de Bombeiros recebeu 13 chamados para queda de árvores, nas cidades de Diadema, Rio Grande da Serra, Guarulhos e Carapicuíba.

Rajadas de vento de até 83 km por hora já foram registradas na capital. De acordo com os meteorologistas, entre raios e trovões o tempo permanece instável e com forte intensidade em todas as regiões da cidade, além de potencial para rajadas de vento e alagamentos.

-Publicidade-

Ainda segundo apuração do G1, segundo a Defesa Civil do Estado de São Paulo, até agora 18 pessoas já morreram por causa das chuvas de Verão em todo o estado. Ao menos 14 vítimas foram registradas só na região metropolitana, a maioria em enchentes e deslizamentos.

Chuvas em São Paulo (Foto: Freepick)

Saiba como agir: recomendações básicas

A principal recomendação é jamais tentar enfrentar uma enchente. Saiba como agir quando você está a pé:

  • Se estiver em um local seguro, permaneça ali. Não tente se aventurar na enchente, pois a correnteza pode ser forte e não apenas te arrastar, mas levar outros itens, como carros.
  • Se estiver em uma situação de risco (e APENAS nesses casos), você pode andar pela enchente, sempre pelo lado oposto a postes de energias e ficando próximo ao muro.
  • Não ande pela rua, fique sempre nas calçadas, porque há risco de ter bueiros abertos pelo caminho.
Chuvas em São Paulo (Foto: Freepick)

Mas se você está de carro, deve seguir essas indicações:

  • Assim como quem está a pé, a recomendação é nunca enfrentar a enchente. Considere o limite de altura do escapamento para seguir.
  • Se for surpreendido por um grande alagamento, abandone o carro e vá para um local seguro.
  • Não deixe seu carro estacionado embaixo de árvores. É muito comum haver quedas com as tempestades e o seu veículo pode ser afetado.
  • Em caso de emergência, é fundamental manter a calma, acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros através do número 193

-Publicidade-