Avô que deixou a neta cair do 11° andar de navio quebra silêncio e fala pela primeira vez sobre o acidente

Salvatore Anello pensou que a janela do cruzeiro estava fechada e enquanto estava com Chloe Wiegand no colo se inclinou para olhar à vista e infelizmente a criança caiu

Salvatore deixou a neta Chloe cair do 11° andar de um navio após se confundir com uma janela aberta. Ele pensou que ela estava fechada (Foto: reprodução / redes sociais)

Uma tragédia foi o que aconteceu com a família de Salvatore Anello no dia 7 de julho deste ano. Durante as férias o avô estava passeando com a neta Chloe Wiegand no colo em um cruzeiro da Roya Caribbean em Porto Rico. Ele pensou que uma das janelas estava fechada e deixou a menina se apoiar e infelizmente ela caiu do 11° andar do navio. Chloe tinha apenas 1 ano e 6 meses e não resistiu à queda.

-Publicidade-

O avô e a família da criança defendem que tudo não passou de um acidente. Os familiares de Salvatore disseram até que existe um vídeo que mostra o momento exato em que a criança caiu e é possível perceber que tudo não passou de um engano, já que ele acreditava que a janela estava fechada.

O caso foi à Juri e o avô está sendo indiciado por homicídio, o julgamento acontece dia 17 de dezembro em Porto Rico. De acordo com os advogados, Salvatore pode ser condenado a até 3 anos de prisão.

-Publicidade-
Menina caiu do 11 andar de cruzeiro (Foto: Michael Winkleman/ Fonte: Supplied)

“Eles não podem fazer nada pior do que aquilo que já aconteceu”, disse Salvatore sobre o julgamento em entrevista ao canal norte-americano CBS. Os pais da bebê, Kimberly e Alan, estão do lado do avô. Não o culpam pelo acidente.

Leia também:

Criança escapa do colo do avô e morre ao cair do 11° andar em navio de cruzeiro

Família do avô que deixou a neta cair do 11º andar em navio divulga foto para mostrar o local do acidente

Mãe de bebê que morreu durante cruzeiro defende o avô: “Ele está acabado”

-Publicidade-