Notícias

Bebê que nasceu sem pele passa por transplante e tem transformação inacreditável

O menino nasceu com uma doença rara

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

 

O menino depois da transformação (Foto: Reprodução / ABC)

Já’bari Gray teve uma nova chance aos 10 meses! O bebê nasceu quase sem a pele do corpo, por conta de uma condição rara chamada epidermólise bolhosa, ou seja, acontece quando a camada superior da pele não consegue chegar ao fundo e assim, ela cai constantemente.

Quando o menino nasceu, os médicos disseram os pais, Priscilla Maldonado e Marvin Gray, que iria viver apenas alguns dias. “Literalmente, do pescoço para baixo ele não tinha pele!”, contou Priscilla em entrevista ao canal ABC 13.

Mas mesmo assim, os pais não desistiram do filho. “Se não fosse para ele estar aqui, ele teria morrido pouco após o parto, mas não, ele resistiu! Então ele tem um propósito no mundo”, concluiu Priscilla.

A criança está internada em Houston nos Estados Unidos no Texas Children’s Hospital e teve um procedimento inovador: O transplante de pele! O órgão foi feito em laboratório que, normalmente, é feito para vítimas de queimaduras e foi a primeira vez que fizeram para um caso como o de Já’bari.

E agora, graças ao transplante, o menino pode usar roupinha pela primeira vez! Segunda conquista dele, já que também foi pro colo da mãe, e ainda, recebeu um beijo da mulher. Já’bari continua internado no hospital e ainda tem um caminho a ser recuperado.

Leia também:

Mãe consegue segurar pela primeira vez o filho de 10 meses que nasceu sem pele

Bebê nasce com doença rara na pele e não pode receber abraços: “Causava ainda mais dor nele”

Bella Falconi mostra excesso de pele na barriga após duas gestações e desabafa: “Não existe perfeição”