Casal morre com 6 minutos de diferença por coronavírus e filho alerta: “Espero que não seja em vão”

Adrian e Stuar ficaram juntos por mais de 51 anos e começaram a ter os primeiros sintomas em meados de março, quando ao final do mês acabaram não resistindo

Resumo da Notícia

  • O casal teve os primeiros sintomas em meados de março
  • O filho deles fez um vídeo nas redes sociais para alertar outras família
  • Eles vieram a óbito com apenas seis minutos de diferença
  • Stuart tinha asma e febre
Adrian e Stuar (Foto: reprodução / Fox40)

Stuart, de 74 anos, e Adrian Baker, de 72 anos, ficaram juntos por mais de 51 anos. Em meados de março, ambos começaram a ter sintomas de covid-19, nos Estados Unidos, e morreram apenas com seis minutos de diferença em Boynton Beach, na Flórida, de acordo com a CNN americana.

A família e os amigos informaram que eles estavam perfeitamente saudáveis e não tinham problemas graves. Stuart foi internado com febre e tinha asma, mas Adrian estava com a temperatura normal. No domingo, 29 de março, eles não resistiram.

Eles ficaram juntos por mais de 51 anos (Foto: reprodução / CNN)

Buddy Baker, filho do casal, usou as redes sociais para contar a história dos pais e ainda alertar sobre o quão sério é a pandemia de coronavírus. Com um vídeo, ele pediu para que as pessoas ficassem em casa. “Até que [a tragédia] toque em você ou toque em alguém que você conheça, você meio que se sente afastado delas. Espero que a morte de meus pais não seja em vão”, disse à CNN.

“Espero que as pessoas ouçam a nossa história e isso as motive a fazer a coisa certa. Ao fazer isso, talvez ajude outras famílias a não suportar a dor e a agonia que eu e minha irmã, nossos filhos e o resto da família estamos sofrendo agora”, concluiu.

Assista ao vídeo:

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!