Caso Madeleine McCann: novo suspeito confessa desejo sombrio sobre possível crime

A menina desapareceu em Portugal, aos três anos de idade, e recentemente a polícia indicou um possível homem como sequestrador

Resumo da Notícia

  • Madeleine está desaparecida há 13 anos
  • Recentemente a polícia indicou um novo suspeito para o crime
  • A menina teria sido sequestrada em Portugal
  • Os pais não perderam as esperanças de encontrar a filha
Eles não perderam as esperanças de reencontrar a filha (Foto: reprodução / The Sun)

Após a polícia indicar mais um suspeito para o caso de Madeleine McCann, uma testemunha disse que o homem, atualmente com 43 anos, sentia desejo em sequestrar e violentar crianças. De acordo com a revistar Der Spiegel, ele contou a um conhecido sobre a vontade por mensagens de texto.

-Publicidade-

Na conversa que foi veiculada, a testemunha disse a Chistian que aquilo era algo muito perigoso a se fazer, mas o suspeito se mostrou despreocupado com as consequências que isso poderia causar. Ele afirmou ainda que iria excluir todas as provas.

Até o momento, as investigações ainda estão acontecendo e o homem também está sendo acusado pelo desaparecimento de outras duas crianças. Um deles é de uma alemã, de cinco anos, que nunca mais foi vista desde 2015.

-Publicidade-

O suspeito

Caso Madeleine McCann ganha novo alvo (Foto: Getty Images)

A investigação do caso Madeleine McCann ganhou agora um novo foco. Um homem de 43 anos, que está preso da Alemanha e que viajou numa van por Portugal é o novo alvo da investigação do caso da menina britânica desaparecida aos 3 anos, em 2007, enquanto passava férias com os pais em uma praia portuguesa.

Os policiais da Alemanha e do Reino Unido fizeram um pedido público de informação sobre o suspeito de envolvimento no crime nesta terça-feira, 3 de junho. Em comunicado divulgado pelo G1, a Scotland Yard diz que se trata de uma “linha significativa de investigação”.

A polícia acredita que o suspeito estava em Portugal, na praia onde a garota foi vista pela última vez. Eles estão procurando informações a respeito da van e do outro veículo do homem, um Jaguar. Ele transferiu esse Jaguar para o nome de outra pessoa no dia seguinte ao desaparecimento de Madeleine.

O chefe da investigação, Mark Cranwell, acredita que “Alguém por aí sabe muito mais do que está contando”. A polícia contou que a investigação segue sendo de “pessoas desaparecidas”, uma vez que não existe “evidência definitiva” que comprove se a garota está viva ou não.

Relembre o caso

Relembre o caso Madeleine McCann (Foto: reprodução / The Sun)

O desaparecimento de Madeleine McCann, que já virou documentário no Netflix, aconteceu 13 anos atrás, quando a menina estava de férias com seus pais em um apartamento na Praia da Luz, no sul de Portugal. Os pais declararam que deixaram a filha dormindo junto com os dois irmãos enquanto jantavam com uns amigos no mesmo complexo turístico e que, quando voltaram, a menor já não estava no quarto.

Novo aplicativo Pais&Filhos Interativo: teste seus conhecimentos, acumule pontos para trocar por prêmios e leia conteúdos exclusivos! Para baixar, CLIQUE AQUI.

-Publicidade-