Chico Lang lamenta morte do segundo filho em menos de oito meses: “Fiz o que pude”

O jornalista esportivo afirmou que “a vida deve continuar”

-Publicidade-

Chico Lang desabafou no programa Mesa Redonda, transmitido pela Tv Gazeta no domingo, 4 de agosto, sobre a perda do seu filho mais velho. Pedro Lang morreu aos 40 anos após lutar contra um câncer na língua. Seu pai afirma que o uso excessivo de crack poderia ter provocado a doença.

O comentarista afirmou que está de consciência limpa, que ajudou o filho de todas as formas que pode. “Ele perdeu a corrida pro vício e para a vida. Tenho certeza que ele está em um lugar melhor.Ele descansou, estava sofrendo muito. Foi muito triste. Esse tipo de câncer o deixou muito magro, muito debilitado. Então nem força para reagir ele teve. Eu estou de consciência limpa, fiz o que pude por ele.”

-Publicidade-

Não é a primeira vez que o jornalista desabafa ao vivo. Em janeiro de 2014, pouco tempo depois de internar o filho, ele deu a seguinte declaração: “Eu fiz o que eu achei que seria o certo, o que muitos psicanalistas também aconselharam: eu internei em uma clínica religiosa, lá no Mato Grosso do Sul.” Ele complementou dizendo que na época o seu filho estava limpo fazia 6 meses.

O jornalista esportivo em menos de 8 meses enterrou seus dois filhos. Em dezembro de 2018, seu caçula, Paulo Lang, cometeu suicídio ao se jogar do 6º andar de um prédio localizado na zona oeste de São Paulo. “Dia 16 próximo faria 24. O dia mais feliz da minha existência foi quando ele nasceu, 16 de dezembro de 1994. O mais triste, quando faleceu, 9 de dezembro de 2018″, escreveu assim que o incidente acontece.

Leia também:

Recém-nascido dado como morto é encontrado com vida horas depois no caixão

Menino de 3 anos finge estar morto e causa tumulto no shopping

“Queria ele de volta”, desabafa mãe de menino de 3 anos morto nos trilhos do metrô de SP

-Publicidade-