Chuva em SP: saiba o que fazer para se proteger das enchentes e evitar riscos

Os temporais em São Paulo deixaram vários pontos alagados na cidade, por isso é importante saber como agir nas situações de perigo

Resumo da Notícia

  • São Paulo amanheceu com vários pontos alagados por conta da forte chuva durante a madrugada
  • O Corpo de Bombeiros recomendou a todos que pudessem que não saíssem de casa
  • Se você precisou sair para o trabalho, confira as dicas para se manter seguro
Saiba como ficar em segurança caso esteja a pé ou de carro (Foto: reprodução/G1)

Nesta segunda-feira (10), São Paulo amanheceu alagada. Devido à chuva constante, vários pontos da cidade mais populosa do Brasil tiveram enchentes e muita gente sofreu para conseguir chegar ao trabalho. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) da Prefeitura, em dez dias, choveu 83% do esperado para o mês inteiro de fevereiro e ao que tudo indica as tempestades irão permanecer e esse valor deve aumentar até o fim do dia.  

-Publicidade-

Por isso, o Corpo de Bombeiros, através do porta-voz Marcos Palumbo e das redes sociais, recomendou a todos que não saiam de casa, por conta dos riscos de alagamentos e deslizamentos. Até às 11h30, foram registradas 546 enchentes e 88 desmoronamentos. Como nem todo mundo consegue seguir a recomendação à risca, pelo trabalho ou outros compromissos, reunimos algumas dicas de segurança disponibilizadas pelo Corpo de Bombeiros para garantir a sua segurança e da sua família:

Recomendações básicas

-Publicidade-

A principal recomendação é jamais tentar enfrentar uma enchente. Caso esteja em algum lugar em que o nível da água está subindo, é indicado ir para algum local mais alto sem risco. É importante também ficar atento a sinais de que você está em uma zona de perigo: rachaduras na parede ou no chão, afundamento do solo ou barulhos de coisas rangendo. Caso perceba algum deles, saia da região e se abrigue em algum ponto seguro. Saiba como agir quando você está a pé:

  • Se estiver em um local seguro, permaneça ali. Não tente se aventurar na enchente, pois a correnteza pode ser forte e não apenas te arrastar, mas levar outros itens, como carros. 
  • Se estiver em uma situação de risco (e APENAS nesses casos), você pode andar pela enchente, sempre pelo lado oposto a postes de energias e ficando próximo ao muro. 
  • Não ande pela rua, fique sempre nas calçadas, porque há risco de ter bueiros abertos pelo caminho. 
Acima de tudo, você não deve enfrentar a enchente, seja a pé ou de carro (Foto: reprodução)

Mas se você está de carro, deve seguir essas indicações:

  • Assim como quem está a pé, a recomendação é nunca enfrentar a enchente. Considere o limite de altura do escapamento para seguir.
  • Se for surpreendido por um grande alagamento, abandone o carro e vá para um local seguro. 
  • Não deixe seu carro estacionado embaixo de árvores. É muito comum haver quedas com as tempestades e o seu veículo pode ser afetado. 

Em caso de emergência, é fundamental manter a calma, acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros através do número 193 e responder a todas as perguntas que serão feitas com o máximo de precisão. “Todas as equipes estão em atendimento e os Bombeiros estão à disposição. Às vezes não conseguimos chegar de carro, mas podemos chegar por bote. É importante sermos notificados”, explicou o porta-voz Marcos Palumbo ao Jornal da Manhã da Globo.

 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-