Coronavírus: estudo descobre 69 medicamentos que podem tratar a doença

“Fizemos um mapeamento e identificamos cerca de 300 proteínas humanas que poderiam interagir com os 30 genes virais relacionados a Sars-CoV-2”, disse o coautor da pesquisa, Nevan Krogan

Resumo da Notícia

  • Estudo utiliza um novo método para identificar um tratamento eficaz contra o novo coronavírus
  • Alguns medicamentos já existentes podem inibir a produção de proteínas facilitadoras
  • Eles registraram cerca de 69 medicamentos que podem tratar o coronavírus
   
Alguns medicamentos já existentes podem inibir a produção de proteínas facilitadoras (Foto: Getty Images)

A Universidade da Califórnia, em parceria com a Escola de Medicina Icahn em Monte Sinai e do Instituto Pasteur, na França, realizou um estudo que utiliza um novo método para identificar um tratamento eficaz contra o novo coronavírus.

-Publicidade-

O coautor da pesquisa, Nevan Krogan, explicou a metologia do estudo durante uma conferência online realizada pela BayBrazil. Eles identificaram proteínas encontradas no corpo humano com as quais o vírus interage para nos atacar, desta forma, alguns medicamentos já existentes podem inibir a produção de tais proteínas que facilitam nossa contaminação e combater a Covid-19.

“Fizemos um mapeamento e identificamos cerca de 300 proteínas humanas que poderiam interagir com os 30 genes virais relacionados a Sars-CoV-2. Nunca antes tivemos tantos cientistas focados em um único problema, por isso sou otimista”. Eles registraram cerca de 69 medicamentos que podem tratar o coronavírus.

-Publicidade-

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-