Notícias

Criança cadeirante é barrada de ter atendimento em clínica particular: “Ela foi hostilizada”

A menina foi até o local para uma consulta

Cinthia Jardim

Cinthia Jardim ,filha de Luzinete e Marco

A recepcionista do local disse que a clínica não atendia cadeirantes (Foto: reprodução / TV Anhanguera )

A dona de casa, Rosane Ferreira da Silva, denunciou que a filha, Beatriz Ferreira Fernandes, de 10 anos, teve o atendimento recusado em uma clínica particular por ser cadeirante. Quando mãe e filha chegaram ao local, em Goiânia, para uma consulta que já estava agendada, ela foi informada que o procedimento não podia ser feito.

Em entrevista ao G1, ela explicou sobre o acontecimento: “A recepcionista falou: ‘Nós não atendemos cadeirante’. Eu falei como assim não atende cadeirante? [Ela disse] ‘nós não temos elevador e nem rampa de acesso, a senhora tem que marcar em outro lugar’”

Em tentativa de entrar em contato com a clínica, a TV Anhanguera ligou para a Clínica Infância e foi informada que “ninguém iria falar sobre o assunto”. O advogado do local também foi contado, mas não atendeu nenhuma das ligações. A criança é cadeirante desde os 2 anos, por ter um tumor na medula.

A menina teria uma consulta marcada na clínica (Foto: reprodução / TV Anhanguera)

A menina passaria por uma consulta com um gastroenterologista e a situação causou um grande incômodo na mãe: “Senti uma discriminação como eu nunca senti em lugar nenhum. O que mais me entristeceu é porque minha filha presenciou tudo. Ela viu que foi hostilizada, ela sentiu isso, desprezo, descaso, pouco caso”, desabafou.

Em 2015 foi colocado em vigor uma lei que considera crime qualquer forma de distinção, restrição ou exclusão do deficiente e que ele deve ter acesso à saúde pública e particular. A infração da lei pode gerar multa e pena de até 3 anos de prisão aos responsáveis envolvidos.

Leia também:

Cadeirantes assistem aula no pátio após equipamento de acessibilidade estar quebrado

Menina de 3 anos ajuda amiga cadeirante durante apresentação da escola e vídeo viraliza

Absurdo! Mãe é proibida de entrar em banco com filha cadeirante de três anos

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos: