Galeria: nossa seleção

Conversamos com uma fotógrafa para nos dar as melhores dicas para os ensaios de gestante

Resumo da Notícia

  • Conversamos com uma fotógrafa para nos dar as melhores dicas para os ensaios de gestante
  • Ela também falou sobre foto no geral
  • Confira as ideias

A fotografia é muito importante para nós, seja para guardar uma lembrança de uma data especial ou para acompanhar a evolução dos filhos ao longo do tempo. A Pais&Filhos conversou com a fotógrafa Thalita Castanha, mãe de Henrique e Lucas, famosa por registrar a gestação e parto das famosas. Com dicas de ouro, ela contou tudo o que você precisa saber antes de fazer o seu próprio ensaio. Olha só!

-Publicidade-

Existe pose certa?

Thalita conta que não existe uma pose universal, mas sim aquela é que recomendada para cada tipo de corpo e expectativas da grávida. Ela reforça ainda que é superimportante saber ouvir o que a futura mãe espera para aquele momento tão especial. “Antes de todo ensaio de gestante, eu escuto a cliente, o que incomoda, o que não incomoda, o que ela gostaria e não gostaria de valorizar e aí, eu vou propondo posicionamentos que favoreça o corpo daquela gestante”.

Foque no atemporal

Neste caso, a fotógrafa recomenda o uso de cores e roupas atemporais para que daqui vários anos, a grávida se reconheça e não cause um momento de estranheza. “Eu gosto de trabalhar cores atemporais, porque o meu estilo de fotografia para gestante é de que ela nunca envelheça no futuro, que seja para sempre e a grávida se reconheça nas fotos daqui 20/30 anos”.

Cores como azul, preto, branco ou bege podem cair muito bem por serem neutras, além de darem um toque único. “Eu direciono para que as escolhas atemporais não causem essa estranheza e a gestante não se olhe no futuro e pense ‘esse look não combina comigo'”.

Ambiente externo x interno

Se você está procurando maior conforto e privacidade, as fotos em estúdio podem ser a melhor opção para esse momento! Além disso, não há a preocupação com mudanças climáticas, ou até mesmo olhares curiosos para as mães mais tímidas.

“A diferença de fazer fotografias de estúdio e ao ar livre é o conforto que a família tem. No estúdio a gente tem o controle de temperatura, não tem muita gente olhando, não contamos com instabilidade climática, sair para fotografar no parque e na praia e não contar com um clima bom e ter que remarcar as fotos e etc. Então, a fotografia externa até tem mais dinâmica porque temos um visual diferente, porém ela conta com esses ajustes”, explica a fotógrafa. Para ver mais dicas de ouro, clique aqui.