Notícias

Grávida desabafa após descobrir que sogra furou os preservativos do casal: “Não foi minha escolha”

Ela usou as redes sociais para explicar a situação

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

A justificativa da avó foi querer ter um neto (Foto: Getty Images)

A descoberta da gravidez, costuma ser um momento muito especial para a mulher. Mas neste caso, a reação foi de susto, já que ela havia dado à luz a apenas três meses e o casal usava preservativo em todas as relações para evitar a situação.

Depois de um período, ela teve uma resposta e pode finalmente entender o motivo de estar grávida. A sogra tinha furado as camisinhas escondido dos dois. Se isso já não fosse absurdo, a justificativa da atitude foi ainda pior.

A avó queria ter um neto, para que ele pudesse levar o sobrenome da família adiante, e a nora apenas havia tinha uma menina. Inconformada, a mulher resolver desabafar anonimamente na rede social Reddit. Saiba como foi esse relato:

“Eu tenho 20 anos e meu marido 22 anos. Nós engravidamos e ficamos muito felizes com o nascimento da nossa filha. Mas minha sogra não estava aceitando o fato de que tínhamos uma menina, ao ponto de ela negar durante a gestação que era uma menina!”, começou.

A mãe explicou que ainda grávida ouvia da sogra a pergunta de quando teríamos o próximo filho, mas ela apenas ignorava esses comentários. A mulher também começou a perceber a presença da sogra em vários momentos, com o discurso de que queria ajudar com a bebê e as tarefas domésticas.

Ela também falou do momento que descobriu a notícia: “18 semanas após o parto, eu comecei a me sentir estranha e fiz um teste de gravidez. O teste deu positivo! Eu e meu marido ficamos chocados, pois estávamos usando camisinha em todas as relações e estávamos sendo bem cuidadosos. Nós amamos essa criança que vai chegar, mas ficamos muito confusos sobre como essa gestação aconteceu”.

Foi quando contou para a cunhada que ela então foi surpreendida: “Ela começou a chorar e passou a me pedir mil desculpas. Ela então revelou que minha sogra estava furando as minhas camisinhas enquanto ficava cuidado da minha filha!” e ainda acrescentou que não havia contado para a esposa do irmão, pois achava que era mentira.

Ela finalizou o texto direta: “Eu estou com tanta raiva e eu não sei o que fazer. Minha vontade é ir até a casa da minha sogra e bater nela! Eu estou feliz com minha gravidez, mas não foi minha escolha. Não foi nem um acidente, foi a minha sogra querendo ter o seu precioso neto menino! O que eu faço?”.

A publicação rendeu vários comentários indignados. Os principais desejavam que viesse novamente uma menina ou que a mãe colocasse apenas o seu sobrenome no caso de nascer um menino, todos concordando que o principal que uma mãe deve ter é liberdade de escolha.

 

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

Leia também:

Adolescente dá à luz sem saber que estava grávida e tenta se livrar do bebê em vaso sanitário

Mãe da à luz em casa sem saber que estava grávida

Inacreditável! Homem engravida e realiza o sonho de ter filhos