Notícias

Homem leva tapa na cara depois de defender criança de xingamentos

O menino estava em situação de rua

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

O local onde tudo aconteceu (Foto: Reprodução / Google Maps)

Um casal terminou a última noite de domingo, 06 de outubro, sendo socorrido às pressas para o Hospital de Pronto Socorro (HPS) João XXIII, depois de terem brigado com uma criança em situação de rua e criarem confusão em um bar e até agredir um frentista de 28 anos com um tapa na cara.

De acordo com testemunhas, o funcionário do posto de gasolina para tentar se defender das agressões de marido e mulher, teria se armado rapidamente com uma faca e golpeado a dupla.

Tudo começou quando o funcionário percebeu que o casal estava xingando uma criança de situação de rua, parada na porta do bar da loja de conveniência onde a dupla bebia. O menino de 12 anos esperava a mãe, que estava em um supermercado naquela mesma via, quando foi surpreendido pelas agressões verbais. Ele ficou assustada e saiu correndo e nunca mais voltou lá. O frentista tentou ajudá-la e, por isso, também se tornou alvo das agressões da dupla.

Por conta disso, a polícia recebeu uma chamada para o posto, onde tudo aconteceu, foi até o local e questionou à mãe do menino se ela queria tomar providências contra ele. Ela se recusou, preferiu não registrar o boletim de ocorrência e foi embora com o garoto.

Depois que os policiais saíram, a mulher foi até o frentista e começou a agredi-lo com palavrões enquanto ele abastecia um carro. O marido dela também foi ameaçado por um funcionário e tentou intimidá-lo. O trabalhador do posto teria ignorado as primeiras agressões e até saiu de perto da mulher quando ela deu um tapa na cara dele.

Mas mesmo depois de ter tentando evitar a confusão, o homem teria sido jogado no chão pelos dois e, como estava armado com uma faca, o homem atingiu o seio esquerdo da mulher e a barriga do homem. Os dois foram socorridos e estão sob cuidados dos médicos. Já o frentista teria desmaiado depois de desferir os golpes, foi atendido pelos médicos e depois seguiu para a Central de Flagrantes, onde a ocorrência foi registrada e foi preso em flagrante e encaminhado ao sistema prisional.

Leia também:

Vídeo assusta ao mostrar crianças armadas nas ruas do Rio de Janeiro

Criança se esconde em armário dentro de casa e pais chamam Polícia Militar achando que ela tinha desaparecido

Garoto de 12 anos confessa ter matado menina de nove anos sozinho

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos: