Lavar a carne: pode?

Se você tem o costume de lavar a carne de frango antes de prepará-la, saiba que o hábito não é indicado pelos especialistas

O procedimento de lavar os alimentos pode não ter o efeito positivo que você imagina. Segundo pesquisa realizada pelas universidades americanas do Novo México e Drexel, ao lavar um frango, por exemplo, bactérias se espalham por todo o ambiente da cozinha e contaminam alimentos crus.

-Publicidade-

As mais perigosas são a salmonella e a campylobacter, que podem estar na carne de frango e causar diarreia, dor abdominal e febre, sendo que, em alguns casos, a pessoa pode apresentar desidratação. Essa contaminação pode ocorrer através de respingos na hora da lavagem, que atingem alimentos expostos e talheres que foram deixados no escorredor, por exemplo.

Além disso, esse processo não é eficiente: lavar a carne não elimina as bactérias. O que funciona é assar, cozinhar ou fritar o frango.

-Publicidade-

Consultoria: Sofia Sesti, mãe de Isadora e Gabriel, é nutricionista

-Publicidade-