Mãe ameaça matar professora do filho por ciúmes e persegue mulher por quase 1 ano

A criança tem 5 anos de idade

(Foto: reprodução / daily mail)

Nushee Imran, de 40 anos, passou dos limites quando começou a ameaçar a professora do seu filho de cinco anos, Rebecca Kind. O motivo? A mãe do garoto sentia muito ciúmes da relação que o menino tinha com a sua professora, por quem ele tinha muita admiração e carinho. Além disso, ela foi acusada de perseguir a profissional por quase 1 ano.

-Publicidade-

De acordo com o Daily Mail, Imran fazia várias ligações para a professora, mandava uma série de mensagens de textos e e-mail. Além disso, a mulher chegou a ir a residência da mulher dizendo que Rebecca estava “liderando uma conspiração para acabar com sua família”. Isso todo mundo começou depois da criança, que tem uma deficiência, começou a falar frequentemente sobre a professora. Ele inclusive pediu para a mãe comprar flores para ela.

O jornal britânico ainda afirmou que tudo piorou quando a professora alertou um assistente social sobre a forma como a mãe do garoto agia com ele, já que acreditava que ela era muito rígida com o menino e isso o prejudicava. A polícia entrou no caso por causa de um desabafo de Imran, que disse que pretendia matar Rebecca “por conta de toda a dor e sofrimento que ela me causou”, acusando a profissional de “conspiração”.

-Publicidade-

A mulher foi condenada a seis meses de prisão e está proibida de ter qualquer contato com a professora. O advogado da mãe afirmou que sua cliente “está verdadeiramente envergonhada do que fez. Ela sabe que foi um comportamento irracional e imprudente. Ela perdeu o controle e não estava em um bom momento em sua vida e estava sob muito estresse. Ela aceita que a relação professor-pais é extremamente importante”.

Leia também: 

Muito amor: professora encontra jeito criativo de levar aluna com paralisia cerebral para acampamento

Professora não acredita no chá de bebê que os alunos prepararam para ela e as fotos emocionam

Professora é enterrada em caixão decorado com desenhos dos alunos

-Publicidade-