Notícias

Mãe arremessa recém-nascida pela janela e o motivo é revoltante

O caso aconteceu Uzbequistão

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

O menina era especial (Foto:: Shutterstock)

São vários os exames que as gestantes podem fazer para descobrir se o bebê possuiu alguma malformação, mas mesmo mesmo assim algumas mulheres são pegas de surpresa e descobrem algumas deficiências dos filhos apenas após o parto. E muitas vezes o amor fraternal supera qualquer dificuldade que possa ser criar uma pessoa especial.

Mas infelizmente, no Uzbequistão, uma mãe decidiu arremessar a própria recém-nascida da janela depois de descobrir que a menina seria deficiente. A mulher de apenas 23 anos, não foi identificada, jogou a filha e mais uma bebê de uma altura de aproximadamente 16 metros.

O jornal The Mirror, conversou com os policias responsáveis pelo caso e disseram que as bebês chegaram a ser encontradas com vida e levadas para a UTI, mas infelizmente não sobreviveram. A polícia também afirma que essa não seria a primeira criança da jovem.

Ele teria tido mais duas gestações, mas os dois bebês acabaram falecendo por causas naturais. O departamento policial ainda revelou que a justificativa dada pela mãe. “Desta vez, ela foi informada pelos médicos das maternidades que sua filha recém-nascida provavelmente não seria saudável”.

Por que? 

“Isso a fez pensar que ninguém iria amar ou precisar desse bebê e a levou a cometer esse crime horrível”, comentaram os policiais. Assim que o hospital percebeu o que havia acontecido, as autoridades foram acionadas.

Ela ainda está sendo julgada e pode receber uma pena de 15 a 25 anos de prisão.O comitê das mulheres do Uzbequistão disse que entrou em contato com a família da mulher que matou os bebês e emitiu uma nota sobre o acontecido.

“Não aprovamos o que ela fez, mas gostaríamos de ajudar ela e sua família, tentando ajuda-los a se recuperar do trauma psicológico vivido”.

Fique por dentro do conteúdo do Youtube da Pais&Filhos:

Leia também:

Mãe e padrasto matam menina por fazer xixi na cama e caso chocante tem julgamento

Mãe ameaça matar professora do filho por ciúmes e persegue mulher por quase 1 ano

Mãe defende marido após morte dos filhos esquecidos dentro do carro