Notícias

Mãe biológica de menina acusada de ser sociopata conta a verdadeira idade da filha

A família adotiva de Natália a deixou morando sozinha nos Estados Unidos, por acreditar que ela seria uma adulta

Letícia Vaneli

Letícia Vaneli ,filha de Alcides e Eugênia

Natalia no colo de Michael (Foto: Reprodução/Daily Mail)

Depois de um longo período sem se manifestar, a mãe biológica de Natalia Barnett negou que a filha seria uma sociopata fingindo ser uma criança.

Anna Volodymyrivna Gava defendeu Natalia que, na verdade, tem 16 anos. Ela relatou que a equipe médica e familiares aconselharam colocarem a criança para adoção, por conta de sua saúde. “Eles disseram que o bebê nunca seria capaz de se mover, que seria acorrentada a uma cadeira ou a uma cama.”

Natalia pode estar nos estados unidos (foto: reprodução/The Sun)

Ela desabafou dizendo que pensou que estaria fazendo bem a filha ao agir dessa forma, mas se assustou quando leu todas as acusações contra a jovem. “Filha, perdoe-me pelo que aconteceu 16 anos atrás. Visite-me em breve para eu te ver. Estamos esperando por você. Você tem duas irmãs e dois irmãos.”

O jornal ainda informou que tiveram acesso aos documentos que comprovam que o bebê teria, de fato, nascido em 2003. Dessa forma, Natália era menor de idade quando família Barnett se mudou para o Canada, deixando a filha morando sozinha nos Estados Unidos.

Os responsáveis pela investigação apuraram o comportamento de Natalia na escola (Foto: Reprodução/Daily Mail)

Apesar da aparência, Anna insiste que sua filha jamais mentiu e que os responsáveis pelo erro foi do orfanato.

Leia também:

Foto revela onde está criança acusada pela mãe adotiva de ser sociopata de 22 anos

Mãe desabafa: “Minha filha adotiva de 9 anos era uma mulher de 22 anos sociopata”

Vídeo mostra mãe colocando bebê de 11 meses na calçada: “Eu estava tão nervosa, não foi pensado”