Mãe conta como foi a última conversa com filho de 4 anos e é impossível não se emocionar

Emílio lutou bravamente contra o câncer e teve um diálogo inesperado com a mãe, Rosa

A história de Emílio e Rosa é de deixar qualquer um emocionado (Foto: Reprodução / Facebook Memorial Gustavo Henrique)

A mãe Rosa compartilhou um diálogo muito emocionante na página do Facebook “Memorial Gustavo Henrique”. No dia 28 de agosto, o relato publicado contava a história dela com o filho Emílio, de 4 anos, diagnosticado com câncer. Após o oncologista dizer que o câncer não era mais tratável porque ficou resistente a todo e qualquer tipo de tratamento, Rosa e o médico decidiram que o melhor plano era manter Emílio confortável e amado.

Enquanto ela e Emílio assistiam vídeos no tablet do menino, ela perguntou para o filho se ele sentia muita dor. O menino respondeu que sim. Rosa afirmou que ele não precisava mais lutar contra aquilo. “Mas eu faço isso por você, mãe!”, respondeu Emílio. “Emílio, qual é o trabalho da mãe?”, perguntou Rosa. “Me manter seguro!”, respondeu a criança com um grande sorriso no rosto.

“Querido, eu não posso mais fazer isso aqui. A única maneira de manter você em segurança é no céu”, disse a mãe com o coração partido. “Então eu irei para o céu e brincarei até você chegar!”, respondeu Emílio. Depois disso, mãe e filho brincaram juntos, assistiram mais vídeos, sorriram e se divertiram juntos. Quando Rosa perguntou como Emílio queria ser lembrado, a resposta foi certeira: “É claro, como policial“.

Antes de dormirem, Emílio disse para a mãe que a amava. Foi a última conversa entre mãe e filho. Emílio faleceu aos 4 anos de idade após lutar bravamente contra o câncer. Nas fotos de abertura da matéria, publicadas no post da página, é possível ver Emílio deitado no tapete do banheiro enquanto Rosa tomava banho. A outra foto é o tapete vazio. “Nada mais do que um tapete vazio, onde antes havia um garotinho lindo e perfeito esperando sua mãe”, diz o final do relato.

Essa história foi publicada na página Memorial Gustavo Henrique, confira clicando aqui. A publicação emocionou muitas pessoas, acumulando cerca de 32 mil comentários, 146 mil likes e 104 mil compartilhamentos.

Leia também:

Pai vítima de câncer escreveu livro para o filho antes da morte: “Ele queria estar perto de Alec”

Bebê de nove meses enfrenta câncer de próstata e mãe desabafa: “Ele não se deixa abalar”

Mãe de criança com câncer conta pesadelo que passou em aeroporto para embarcar com o filho