Notícias

Mãe descobre câncer agressivo no filho por causa dessa foto. Entenda o caso

O tumor foi descoberto depois de uma foto

Cinthia Jardim

Cinthia Jardim ,filha de Luzinete e Marco

Brody e o irmão mais velho (Foto: reprodução / Facebook)

Stacey DeClerk, uma mãe de 33 anos, estava super animada por ter ganhado uma câmera profissional do noivo, Richard Barnes, 37 anos. Toda a empolgação se transformou em um estado de alerta, pois depois de tirar fotos do filho Brody, de seis meses, ela descobriu um câncer agressivo no menino.

A mãe suspeitou algo de errado com o filho depois de olhar as fotos que havia tirado, pois notou que no meio do olho direito de Brody, havia uma marca estranha. Em entrevista ao veículo, The Sun, ela informou que “é muito difícil saber se há algum sintoma, principalmente se as crianças são muito pequenas”.

O câncer de Brody foi descoberto depois de uma foto (Foto: reprodução / Facebook)

“Eu cheguei a tirar cerca de 30 a 40 fotos e estava excluindo algumas, até que vi a marca branca“, contou. Stacey afirmou que algumas semanas depois começou a ficar mais preocupada com a situação e resolveu pesquisar sobre a mancha. “Tudo o que eu pesquisava indicava como câncer“.

Brody começou a dar sintomas de problemas na visão quando tentava pegar algum brinquedo e não os alcançava. O tumor já estava cobrindo a retina do menino. Stacey levou a criança ao médico e foi realizado uma série de exames oftalmológicos. “Pude ver pelos rostos deles que podiam ver alguma coisa. Nessa hora, comecei a chorar, porque sabia que não era bom”, desabafou. “Não esquecerei esse momento, porque ninguém queria dizer a palavra ‘câncer'”.

Stacey arrecada dinheiro para ajudar outras crianças (Foto: reprodução / Facebook)

Em 13 de março desse ano, um especialista realizou um exame mais preciso para ter um diagnóstico final. Depois de algumas horas os pais de Brody receberam a notícia que não queriam: o menino tinha retinoblastoma, um tipo de câncer raro que afeta o olho de crianças pequenas. “Eles classificam de A a E como E sendo o pior, o que significa que seria necessário a remoção completa do olho.Os médicos disseram que Brody tinha a classificação “D” e havia 60% de chance deles terem que tirar o olho”.

Foram discutidas opções de quimioterapia para tratar o tumor e então, a realizaram de uma forma especializada no Great Ormond Street Hospital de Londres. O método se chama “quimioterapia intra-arterial” , e tem menos efeitos colaterais. Felizmente o tratamento reduziu o tumor e o olho de Brody foi salvo.

O bebê tinha uma mancha branca no olho (Foto: reprodução / The Sun)

“A quimioterapia reduziu o tumor pela metade e o conteve dentro dos olhos, mas ainda pode crescer até os cinco anos, então ele precisa ter consultas de acompanhamento a cada quatro a seis semanas, sempre sob anestesia geral”, informou Richard. A mãe começou uma campanha no Childhood Eye Cancer Trust e já arrecadou mais de 5 mil dólares para ajudar outras crianças. Nós estamos torcendo muito pelo Brody!

Leia também:

Mãe faz relato após descobrir tumor em filha de maneira inusitada

Mãe descobre câncer na filha por pequeno detalhe e faz alerta: “Você nunca acha que vai acontecer”

Teste do olhinho: entenda como funciona o primeiro exame oftalmológico do bebê

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos: