;
Notícias

Mãe solteira precisou contar ao filho que não tem muito tempo de vida

Naomi Knighton, de 26 anos, foi diagnosticada com câncer

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

Naomi e o filho de 6 anos. (Foto: Reprodução/Daily Mail)

Ter um prazo de vida, não é algo fácil de lidar. E é ainda mais difícil ter que dar a notícia aos familiares. Contudo, Naomi Knighton, mãe solteira, precisou ter essa conversa com seu filho de seis anos, J’varn.

A inglesa foi diagnosticada com leucemia mieloide crônica, um tipo raro e agressivo de câncer sanguíneo, ainda na adolescência. Aos 26 anos, ela já passou por dois transplantes de medula, mas infelizmente no dia 11 deste mês ouviu dos médicos que não tinha mais tratamento para o seu caso.

Ela tinha que escolher entre duas opções: cancelar o tratamento e permitir que a doença prosseguisse ou continuar com esse cuidado e aumentar, um pouco, o seu tempo de vida. Kirsty, irmã de Naomi, em entrevista para o Daily Mail, contou “Naomi escolheu tentar mais um pouco”.

Após a decisão, ela contou ao filho sobre a impossibilidade de cura. Segundo a tia, o sobrinho recebeu bem a notícia: “De alguma maneira, ela sempre esteve mal e ele já estava acostumado com as suas entradas e saídas do hospital”.

Agora a mãe está internada, em processo quimioterapia e utilizando esteroides. J’varn mudou-se para a casa da avó. Para o jornal inglês, Kristy desabafou: “Já a vimos passar por tanta coisa e sempre achamos que ela superaria a doença, porque ela sempre conseguiu.”. Ela ressaltou como a irmã já superou diversas barreiras, surpreendendo os médicos.

Kristy ainda quer realizar o último pedido da irmã: ter um funeral em que os amigos possam se despedir e comemorar a vida. Naomi também gostaria de uma lápide bonita para que J’varn possa lhe visitar.

Assim, Kristy abriu, na última quinta-feira (17), uma “vaquinha virtual” no site GoFundMe. Até agora, a campanha obteve mais de £3.700 (R$ 18.200), arrecadando mais do que a meta inicial de £2.500 (R$ 12.300).

Esperamos que essa família possa viver o luto e ter forças para continuar caminhando. Naomi quer que todos celebrem a vida e esperamos que ela possa ser celebrada por muitas outras ocasiões.

Leia também:

Menina que morreu de leucemia deixa carta emocionante à voluntária: “Você é minha melhor amiga”

Criança se emociona ao ser adotada e foto viraliza na internet

Mãe encontra filha pela primeira vez após 70 anos e o motivo é absurdo