Notícias

Menina de 3 anos morre nos braços da mãe após diagnóstico errado

Os médicos diagnosticaram a menina com constipação

Cinthia Jardim

Cinthia Jardim ,filha de Luzinete e Marco

(Foto: reprodução / Daily Mail)

Aoife Flanagan-Gibbs, uma menina de 3 anos, morreu nos braços da mãe após um diagnóstico errado. A garota sentia dores no estômago e foi levada para diversas consultas ao longo de três semanas pela mãe, Eilish Flanagan, mas os médicos indicaram que seria apenas uma constipação, enquanto na verdade, era um câncer raro no estômago.

Quando o câncer foi identificado, a menina tinha um tumor visível na parte inferior do abdome e outro no fígado. Aoife infelizmente faleceu cinco dias após ter sido diagnosticada com câncer de células germinativas. Esse tipo de tumor afeta cerca de 45 crianças por ano no Reino Unido, de acordo com a instituição Children with Cancer UK. A taxa de sobrevivência é de 93% e Eilish disse ao site britânico, Daily Mail, que a filha não teve uma “chance justa”.

(Foto: reprodução / Daily Mail)

De acordo com a mãe, a menina passou em 11 consultas durante três semanas: “Ela estava dentro e fora do hospital com diferentes infecções e problemas, mas eles continuavam nos dizendo que ela tinha constipação infantil comum. Como mãe, sabia que havia algo mais errado. Eu levantei minhas preocupações e ela teve dores em outras áreas do corpo, mas os médicos nunca a examinaram. Ela tinha um tumor na parte inferior do abdome, mas eles não conseguiram investigar”, disse ao site. “Não se trata de culpa ou raiva, e sim de responsabilidade”.

Eilish relatou também que os médicos afirmaram que a menina precisava se alimentar melhor e praticar mais exercícios: “Na primeira noite no hospital Southend, eles me disseram que eu não  estava a alimentando adequadamente ou que ela precisava de mais exercícios, mas ela tinha seu cavalo e brincava com ele todos os dias”. Aoife faleceu em 7 de julho, cinco dias após o diagnóstico médico. “Foi completamente inesperado, ela teve uma parada cardíaca”. A mãe da menina contou que no momento, ela estava a segurando nos braços, pois sabia que havia algo de errado.

(Foto: reprodução / Daily Mail)

Denise Townsend, diretora de enfermagem do Southend University Hospital, disse em nota que lamenta a morte da menina: ” “Lamentamos muito a perda de Aoife Flanagan-Gibbs, que era paciente do NHS Foundation Trust do Hospital da Universidade de Southend, e nossos pensamentos estão com a família de Aoife”. No entanto, Denise comentou que Eilish nunca entrou em contato direto com o hospital e pediu que se possível, pudessem marcar uma reunião.

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

Leia mais: 

Filho mais velho de Cafu morre depois de partida de futebol em família

Sempre alerta: bebê de 1 ano morre depois de se afogar em objeto comum da casa

Criança de sete anos morre após passagem do furacão Dorian em Bahamas