Menina, que disse ter engravidado de menino de 10 anos, faz chá revelação e conta qual o sexo do bebê

O caso ficou conhecido na internet há alguns meses quando a mãe do menino se pronunciou sobre a gravidez e deu detalhes sobre o filho

Resumo da Notícia

  • Uma menina de 13 anos engravidou de um menino de dez
  • O caso ficou mundialmente conhecido
  • Eles fizeram um chá revelação e anunciaram o sexo do bebê
  • Os dois namoram há mais de um ano
A polícia não descartou a possibilidade de um estupro (Foto: reprodução / Instagram @18_uverdig_iv18_)

Na última quinta-feira, 23 de abril, Darya, de apenas 13 anos, que diz estar esperando um bebê de um menino de dez, usou as redes sociais para anunciar o sexo da criança. Os dois viraram notícia há alguns meses quando contaram sobre a gestação e causaram diversas discussões na internet.

-Publicidade-

Pelas redes sociais, onde Darya compartilha sobre o dia a dia, inclusive a gestação, a adolescente mostrou um vídeo onde ela e o namorado, Ivan, estouram um balão. Em meio à confetes cor de rosa, os dois disseram que esperam por uma menina. O casal está junto há mais de um ano.

Eles estão esperando por uma menina (Foto: reprodução / Instagram @18_uverdig_iv18_)

De acordo com o jornal russo Komsomolskaya Pravda, a polícia está investigando as chances da menina estar grávida de um adolescente de 15 anos, em vez do de dez. A possibilidade de um estupro também não foi descartada. Segundo informações do Daily Mail, uma fonte próxima contou para as autoridades que ela estaria com vergonha de falar a verdade e ser mal vista. No país, o abuso só pode ser considerado a partir dos 16 anos, para determinar o consentimento. Após o nascimento do bebê, um exame de DNA será feito para saber se Ivan é ou não o pai biológico.

-Publicidade-

Entenda o caso

A menina está na sétima série e o menino está na quarta (Foto: reprodução / Yahoo)

A mãe de uma menina de 13 anos, que supostamente ficou grávida de uma criança de dez, falou pela primeira vez sobre o caso e contou que está determinada em ajudar a filha, depois de dar um triste anúncio em uma entrevista.

A mulher, que mora na cidade siberiana de Zheleznogorsk, região central da Rússia, disse que a filha está na sétima série, enquanto o “namorado” e pai do filho dela, estaria na quarta série. À Australscope, Elena contou que está com um câncer grave, mas quer estar com a menina o tempo todo desde que ela descobriu a gravidez.

“Inicialmente, pensamos que ela tinha intoxicação alimentar, mas lentamente começamos a perceber que o que estava acontecendo não tinha nada a ver com a barriga. Nós compramos um teste de gravidez e ele mostrou positivo”, desabafou ao programa de televisão australiano.

Ela deu uma notícia triste em um programa de televisão (Foto: reprodução / Yahoo)

Elena contou ainda que nunca passou pela cabeça que a filha fizesse um aborto apesar das circunstâncias, mas acrescentou que estava preocupada em não poder ter mais filhos ao longo da vida. Apesar do câncer em estágio terminal no estômago, a mãe quer cuidar o tempo que puder do bebê no futuro.

“Agora eu tenho um motivo para viver”, explicou. Depois da história viralizar na mídia mundial, a menina de 13 anos, que futuramente será mãe, também quebrou o silêncio e falou sobre o caso: “As pessoas me chamam de prostituta e me acusam de dormir com todos por perto”.

O outro lado da história

A mãe do menino acredita que ele seja mesmo o pai (Foto: reprodução / Yahoo)

Um médico, depois de realizar testes de fertilidade no menino de dez anos, concluiu que ele ainda é sexualmente imaturo, ou seja, o que acaba provocando rumores da jovem ter tido outros parceiros na mesma época. “Verificamos novamente os resultados do laboratório três vezes, para que não haja nenhum erro. Não pode haver espermatozoides. Ele ainda é criança”, concluiu Evgengy Grekov, especialista em urologia e andrologia.

Já a mãe do menino, Galina, disse que acredita que o filho está dizendo a verdade e que será pai: “Eu acredito … meu filho, que ele é o pai. Entendo que ele próprio talvez não perceba o que aconteceu”, concluiu.

-Publicidade-