Pais trancam bebês gêmeos por 4 dias para irem à festa e o pior acontece

Margarita Yanayeva e Alexey deixaram os gêmeos, de apenas quatro meses, sozinhos na residência enquanto mentiram para amigos que as crianças estavam no hospital com coronavírus

Resumo da Notícia

  • Um casal deixou os filhos sozinhos em casa para irem a festas
  • Eles mentiram para os amigos de que os filhos estavam com coronavírus no hospital
  • Os bebês foram encontrados pela avó
  • Eles ficaram quatro dias trancados em casa
Eles podem ser condenados até 20 anos de prisão (Foto: reprodução / Facebook)

Um casal, que mora em Kamchatka, na Rússia, deixou os filhos gêmeos, de apenas quatro meses, sozinhos em casa por quatro dias. A mãe, Margarita Yanayeva, de 23 anos, e o marido, Alexey, de 35, foram acusados pelos amigos de mentirem que as crianças estariam no hospital, com coronavírus, para poderem ir à festas.

-Publicidade-

A avó dos bebês, após encontrá-los “gravemente magros”, os levou às pressas para o hospital. Infelizmente, um deles estava em coma e acabou não resistindo. Já a menina, luta pela vida em um estado crítico de saúde.

Os gêmeos foram encontrados na residência do casal pela avó (Foto: reprodução / Facebook)

“No decorrer de quatro dias, eles não estavam alimentando as crianças e não providenciaram cuidados alternativos para ela”, disse uma fonte próxima durante as investigações, de acordo com o Mirror. “Os sujeitaram à fome, não garantiram a higiene, deixando os menores em um estado socialmente perigoso”, explicou.

-Publicidade-

Os bebês foram encontrados pela avó, que achou estranho o casal não atender ao telefone e a residência estar trancada. Ela imediatamente chamou a polícia, para que tentassem salvar a vida dos netos. O caso ainda está sendo investigado e os pais podem pegar até 20 anos de prisão.

Novo aplicativo Pais&Filhos Interativo: teste seus conhecimentos, acumule pontos para trocar por prêmios e leia conteúdos exclusivos! Para baixar, CLIQUE AQUI.

-Publicidade-