Primeira voluntária a tomar vacina contra o coronavírus fala sobre o resultado

A americana Jennifer Haller contou ao jornal britânico, The Telegraph, o motivo de se inscrever na pesquisa e como está se sentindo após tomar a primeira dose

Resumo da Notícia

  • A primeira pessoa a tomar a vacina experimental contra a Covid-19 foi a americana Jennifer Haller
  • Ela foi voluntária de um estudo clinico realizado nos Estados Unidos
  • Jennifer contou ao jornal britânico, The Telegraph, o motivo de se inscrever na pesquisa
Jennifer Haller tem 44 anos (Foto: reprodução / Facebook Jennifer Haller)

A primeira pessoa a tomar a vacina experimental contra a Covid-19 foi a americana Jennifer Haller, de 44 anos. Ela foi voluntária de um estudo clinico realizado nos Estados Unidos.

-Publicidade-

Jennifer contou ao jornal britânico, The Telegraph, o motivo de se inscrever na pesquisa: “Não havia nada que eu pudesse fazer para impedir essa pandemia global. Então, eu vi essa oportunidade surgir e pensei ‘Bem, talvez haja algo que eu possa fazer para contribuir’. Isso me deu um senso de controle. Estamos todos tão indefesos. Isso me deu algo pelo qual eu poderia ser responsável e que poderia ser útil”, disse.

Ela contou como está se sentindo Jennifer Haller tem 44 anos (Foto: reprodução / Facebook Jennifer Haller)

Segundo a americana no primeiro dia após a injeção, ela teve febre, e no segundo, a região onde recebeu a vacina estava bastante dolorida. Mas não percebeu nenhuma diferença na saúde nos dias seguintes. Ela permanece em isolamento.

-Publicidade-

Jeniffer deve tomar a segunda dose 28 dias depois de 16 de março, que foi o dia da primeira vacina. Ela está sendo monitorada pela equipe que administra a pesquisa no Kaiser Permanent Washington Health Research Institute.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-