Notícias

Professor cancela aula depois de aluna levar filha para universidade

Ana Guinodi cursa o 6º período e diz que nunca havia passado por uma situação assim

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

O professor justificou que a criança estava chorando (Foto: Getty Images)

Ser mãe já não é uma tarefa simples e, além de tudo o que já precisa enfrentar, existe um enorme preconceito. Uma aluna da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) sentiu isso na pele ao levar a filha para a sala de aula, nesta segunda-feira (16).

Ana Guinodi cursa Ciências Ambientais na faculdade e teve que voltar com a bebê para casa depois de ter a aula cancelada. A estudante saiu da sala enquanto o professor dava uma explicação para fazer com que a filha se acalmasse e não fizesse barulho.

Ao retornar, foi apenas notificada que ele havia tomado essa atitude pelos colegas de turma e justificativa foi de evitar discutir com a menina. Ana percebeu que o professor a encarou ao sair da sala. “Eu respondi que tenho uma filha e preciso estudar”, contou a Folha Vitória.

Outra aluna do curso decidiu ir à coordenação para explicar o que havia acontecido. Rebecca Moura então soube que ele também havia procurado o local. “Ele chegou lá falando alto. Disse que estava impossível dar aula porque tinha uma criança de dois anos chorando. Falou ainda que tinha uma aluna abusada e reclamou da resposta dela quando disse que era mãe e tinha que estudar”, explicou.

Depois do episódio, Ana deixou a disciplina e substituiu por outra. “Essa foi a primeira vez que tive problemas com um professor por levar a minha filha. Os outros sempre nos receberam muito bem”, garantiu.

A Universidade disse que recebeu as informações por parte da aluna e pediu que fizesse uma denúncia formal para que fosse feita a apuração do ocorrido, mas ela não o fez. Também reportaram que não há restrição para mães no local.

Leia também:

Outras mães desabafam sobre confiança em creches após menina acusar professora de agressão

Professora escreve carta para menino que foi terrivelmente assassinado pelo pai

Professora acha jeito diferente de recepcionar alunos e vídeo emociona Gloria Pires

 

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos: