Notícias

Projeto “Achei um Livro” espalha livros pelo interior de São Paulo para estimular a leitura

Mais de 200 livros foram distribuídos por três cidades do interior

Caroline Passos

Caroline Passos ,Filha de Maria Aparecida e Agnaldo

A leitura é importante em todas as idades (Foto: Shutterstock)

A Faculdade Salesiana Dom Bosco de Piracicaba promove a campanha “Achei um Livro”, que visa incentivar a leitura disponibilizando 200 livros espalhados em diferentes pontos das cidades de Piracicaba, Charqueada e Rio das Pedras, ambas no interior de São Paulo.

Os exemplares de livros têm sido deixados em parques, ônibus, terminais, praças e calçadas para que as pessoas possam “achá-los” e se sintam encorajados a lê-los e compartilhá-los com outros possíveis leitores, seja doando ou emprestando a obra.

Os livros são de vários tipos, como infantis, romances, autoajuda, específicos de profissões, alguns livros de autoria dos próprios alunos da faculdade, e outros da Editora Salesiana.

Uma pesquisa realizada pelo Ibope em parceria com o Instituto Pró-Livro, constatou que 44% da população brasileira não lê e quase um terço jamais comprou um livro. Com isso, incentivar a leitura é uma ação que precisa ser expandida, a começar pelas instituições de ensino, como a Faculdade Salesiana Dom Bosco.

De acordo com a vice-diretora da FSDB, Renata Ferro, o incentivo à leitura já é uma prática da instituição com seus alunos, e essa campanha foi realizada de forma interna. “A Faculdade trabalha a questão da leitura ao longo dos anos com os alunos, por meio de campanhas, sorteios e ações de conscientização. Resolvemos, então, levar esse hábito para além dos nossos muros, e estamos muito felizes com a possibilidade de tornar este projeto realidade”, disse Renata em entrevista ao Jornal de Piracicaba.

Leia também:

Turma da Mônica: gibis desde 1950 estão disponíveis em aplicativo e deixa leitura em família muito mais legal

Dia Mundial do Livro: 10 opções de leitura para encher a estante

Biblioteca: 5 livros que o seu filho não pode deixar de ler