Notícias

Secretaria de Saúde confirma 2 mortes de bebês por sarampo em SP e caso serve de alerta!

As vítimas foram uma bebê de quatro meses e, um menino de nove meses

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

 

 

Os bebês não tinham nem um ano de idade (Foto: Getty Images)

A Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo confirmou na última sexta-feira, 30 de agosto, a morte de dois bebês por sarampo em São Paulo. Segundo o Estado, as vítimas foram uma menina de 4 meses, de Barueri, e um menino de 9 meses, morador da capital. Os dois estavam fora da faixa etária para qual a vacina é indicada.

Por questões de segurança e eficácia, as duas doses da vacina devem ser dadas aos 12 e 15 meses, porém, por conta do surto que está acontecendo no país, o Ministério da Saúde determinou que a imunização poderia ser feita a partir dos 6 meses. A criança de nove meses, vítima da doença, foi infectado antes da nova regra, no meio de julho. A de 4 meses, não poderia ter sido imunizada nem de acordo com o protocolo especial.

Após a confirmação da morte dos dois bebês, a secretaria reforçou a necessidade de vacinação para a população que ainda não se imunizou. A alta cobertura vacinal permite, além da proteção individual, que menos pessoas carreguem o vírus, ou seja, reduz o risco daqueles que não podem tomar a vacina sejam contaminadas, como bebês muito novos.

Há também, a recomendação para que todas as mães de crianças com idade inferior a 6 meses evite exposição a aglomerações, manter a higienização e ventilação adequadas de ambientes e, se sentir algum dos sintomas, procurar imediatamente um serviço de saúde.

Leia também:

Sarampo: primeira morte pela doença é confirmada em São Paulo

Sarampo: todos os bebês de 6 meses a 1 ano agora devem tomar a vacina contra a doença

Sarampo: tire todas as suas dúvidas