Pais

6 dicas simples de cuidados pessoais para mães ocupadas

É hora de colocar seu bem-estar em sua lista de afazeres

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

6 ideias simples de bem-estar para mulheres ocupadas (Foto: iStock)

6 ideias simples de bem-estar para mulheres ocupadas (Foto: iStock)

Trazer o seu melhor à tona exige escolhas intencionais (especialmente para mães ocupadas), mesmo se isso significa sair da sua zona de conforto e se colocar em primeiro lugar. Mas você pode se sentir saudável, ficar com uma ótima aparência e viver uma vida alegre, tudo mantendo equilíbrio com sua família e carreira. A chave? Projetar uma vida balanceada com escolhas propositais que alimentem seu corpo, mente e alma. Mais fácil falar do que fazer, certo?

Julie Burton, autora do livro “A solução do autocuidado: O guia do que uma mãe moderna deve ter para sua saúde e bem-estar”, entende essa luta muito bem. “A maioria das mães sentem pressionadas a decidir se trabalham ou ficam em casa e quase todas as mães, independente de seu status de trabalho, sofrem com sentimento de culpa quando passam um tempo longe de seus filhos para cuidar de si mesmas”, disse Julie, que tem 4 filhos com idades entre 12 e 22 anos. “Mães tem uma lista de tarefas quilométrica e, normalmente, se colocam no final dela. Às vezes, elas nem se colocam na lista“.

Mas onde e como começar, especialmente se você já está no final da sua lista de afazeres (ou nem está) há algum tempo? “Comece a tirar 10 minutos do seu tempo só para você. Seja paciente com você mesmo, mantenha os seus sonhos vivos e cuide de você com o amor e compaixão que você tem pelos outros”, aconselha a autora. Para te ajudar a planejar seu bem estar, foque nessas seis ideias simples e atividades para se colocar como prioridade.

1. Mantenha seu corpo se movendo: Não importa se você precisa se exercitar mais frequentemente ou quer apenas dar uma movimentada na sua rotina, escolha atividades que tem motivem a se exercitar consistentemente. Faça aulas de yoga ao ar livre. Se inscreva em corridas de 5 km. Contrate um personal trainer. Tente fazer Tai Chi. Compre um DVD de pilates para fazer em casa. O conselho é adicionar um elemento de diversão, como fazer festas de dança em sua sala de estar com as crianças ou ir andar de skate.

2. Alimente o seu corpo corretamente: Comida saudável traz energia ao seu corpo, então faça questão de comer e beber coisas com ingredientes de alta-qualidade. “É uma tendência natural colocar seus filhos em primeiro lugar”, Sara Haas, porta-voz da Academia de Nutrição e Dietéticos e mãe de uma criança de 4 anos. “Mas você precisa se nutrir com comidas próprias. É ótimo para seus filhos vê-la cuidando de si mesma porque você está moldando um comportamento saudável”. Algumas ideias simples para tornar comer saudável um hábito? Coma comidas vegetarianas uma vez por semana. Compre alimentos orgânicos. Cozinhe mais frequentemente. Beba água ao invés de refrigerante. E tire alguns minutos para planejar o que você terá em sua geladeira a cada semana para que você possa fazer refeições rápidas e saudáveis.

3. Fique conectado: Não deixe sua rotina ocupada diminuir o tempo que você tem para sua família e amigos. Se encontros noturnos uma vez por semana não estão rolando, então tente pelo menos colocar em seu cronograma algum tempo para se manter conectado a essas pessoas. Faça em cada primeira sexta-feira do mês um jantar, por exemplo, ou marque um vez por mês um café com os amigos. Faça disso um objetivo. Convide uma vez por mês seus vizinhos para jantar – marque noite de pizza e filmes com os filhos de todos.

4. Coloque a sua saúde no calendário: Você não deixaria seus filhos perderem os check-ups anuais – então não deixe sua própria saúde de lado. Julie diz que ouviu muitas histórias de mulheres ignorando os sinais de seu corpo e negligenciando buscar ajuda médica, resultando em sustos muito sérios. Por isso, marque check-ups anuais com todos os seus médicos.

5. Torne dormir uma prioridade: Se você fica presa a mentalidade de “fazer tudo que precisam antes que meus filhos acordem, esse item vai te ajudar. De acordo com o Alon Avidan, diretor do centro de problemas de sono da Universidade da Califórnia em Los Angeles, estudos mostram que a falta de sono crônica tem diversas consequências na saúde. “Pessoas que dormem menos de seis horas tem aumento de apetite, o que causa ganho de peso e aumenta o risco de depressão, doenças cardiovasculares e diabetes do tipo 2”. O Dr. alerta para que as pessoas fiquem longe de alguns itens antes de deitar: comida, álcool, conversas estressantes emocionalmente e estimulantes como cafeína e nicotina. Ele também aconselha a estabelecer uma regular e relaxante rotina antes de dormir e lembrar que o quarto é feito para dormir, momentos de doença e fazer sexo.

6. Fique conectado consigo mesmo: Como uma mãe, é fácil de se perder na rotina do dia-a-dia da vida em família: caronas, lavanderia, preparar refeições, pagar contas, limpando e etc. Mesmo antes de você perceber, 10 anos passaram-se e você está se sentindo vazia. O antídoto? Busque por hobbies. Jornal. Meditação. Fique a par das tendências da indústria se você deixou o mundo dos trabalhadores. “Meu livro lista questões de auto-avaliação a respeito do que te traz felicidade, e isso pode mudar com o passar do tempo”, explica Julie. “Nós estamos evoluindo ao longo de nossas vidas e nos manter conectados às nossas paixões mais íntimas é o que nos mantém completamente vivos e felizes”.

Leia também:

Mãe também é gente: durma até acordar!

Mãe também é gente: 5 motivos para você sair com suas amigas

Mãe também é gente! Arrume um tempo para cuidar do seu cabelo, sim!