;
Pais

7 dicas que vão salvar a sua saúde mental durante os primeiros meses de vida com o bebê

A primeira fase pode ser caótica, a gente te ajuda!

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Reprodução)

Aprenda a ter uma maternidade saudável (Foto: iStock)

*Por Ana Beatriz Gonçalves, filha de Carla e Virgílio

Quando você é mãe de primeira viagem, é normal se preocupar mais com o bebê. A pressão é enorme, e as pessoas que estão ao seu redor esperam o melhor de você. Mas cuidado, o importante mesmo é cuidar da sua saúde mental. Esse lembrete pode tornar a sua experiência materna mais saudável e feliz, estimulando a sua relação com o bebê nos primeiros meses. Incrível, né?

Veja a lista de dicas que separamos, que vão ajudar a sua saúde mental nessa fase tão caótica!

Alimentação tudo!

O primeiro passo para se manter saudável e aguentar a rotina maluca com o bebê, é se alimentar bem! O seu corpo se dedicou ao longo dos 9 meses para nutrir outro ser humano, então é o momento perfeito para celebrar esse esforço e ingerir alimentos que ajudam na sua recuperação.

Se você está com dificuldade de encontrar tempo para fazer compras e cozinhar, peça delivery para aliviar um pouco a pressão. Pedir ajuda aos amigos e familiares também não é nada demais. Se permita! 

Alimentos saudáveis ajudam a te manter firme. (Foto: iStock)

Alimentos saudáveis ajudam a te manter firme. (Foto: iStock)

Não se cobre demais

Deixe o que você pensava sobre maternidade de lado e, em vez disso, aceite o que você está vivendo no momento. As novas experiências com o seu filho vão ser um aprendizado para vocês dois. Durante as primeiras semanas, seja flexível para garantir as possíveis adaptações que ainda irão acontecer ao longo dos próximos meses.

Acima de tudo seja feliz! (Foto: Reprodução)

Acima de tudo seja feliz! (Foto: iStock)

Pegue leve nas visitas

Embora a ideia de trazer todo mundo pra casa (família e amigos) seja muito tentadora, o ideal é que no começo as visitas sejam bem poucas. O novo ritmo de sono e alimentação dá bastante trabalho, por isso visitas excessivas podem destabilizar ainda mais a vida da família.  Não é melhor ter a tarde livre junto com o seu bebê e gastar seus primeiros dias como mãe no seu ritmo?

Não tenha vergonha de receber ajuda

Tentar fazer tudo sozinha nas primeiras semanas, é bastante complicado. Por isso, a ajuda extra não é apenas uma dádiva mas também muito necessária. Quando for receber ajuda, converse com as pessoas, as vezes elas se preocupam em fazer coisa errada. Dizer coisas como “por favor, deixe as fraldas em tal lugar!” ou “por favor, você pode ficar com o bebê enquanto tomo banho?” são exemplos de ótimos para começar.

Também é muito importante procurar ajuda especializada, se você estiver lutando para cuidar do bebê ou se sentir sobrecarregado ou doente. Seu médico de família, obstetra ou enfermeiro de saúde materno infantil são excelentes aliados para pais novos e cansados e eles estão muito interessados – na verdade, são treinados – para ajudar.

Não se sinta culpada por dormir

Antes de você ter um bebê, as pessoas alertam sobre a dificuldade de dormir, mas é só depois que a realidade bate na porta que você entende. A melhor forma de driblar esse problema, é criar estratégias para colocar o sono em dia. Revezar com o seu parceiro pode ser uma saída!

Ah, não se sinta culpada por recuperar o seu sono, ele é sinônimo de saúde, e sem saúde não dá para cuidar da do bebê!

(Foto: iStock)

Dormir é o melhor remédio para o cansaço. (Foto: iStock)

Tome um ar fresco, faz bem!

Quando você tiver um tempo sobrando, opte por tomar um ar fresco na natureza (mesmo que ela seja o seu quintal). O sol e o contato com as plantas tranquilizam a mente, e podem ser uma ótima escolha para relaxar. 

Ninguém é perfeito

O Instagram vai fazer questão de te convencer que todo mundo é perfeito, inclusive os pais de recém-nascidos. A realidade da maternidade moderna é algo de outro mundo e não tem nada de #Glamour. Se você fica ansiosa enquanto navega pelo seu feed, tente se desconectar por um tempo. Procure fazer outras coisas (a dica de estar com a natureza caí super bem!). 

E não se esqueça de que “a perfeição é inimiga do bem”.

(Foto: Reprodução)

Ficar nas redes sociais pode não ser uma boa ideia. (Foto: iStock)

 Gostou das dicas? Não são tão simples, mas com certeza podem te ajudar!

Leia também:

5 dicas para você escolher a melhor maternidade para você

Fernanda Rodrigues dá dicas de como conciliar família e trabalho

6 dicas simples de cuidados pessoais para mães ocupadas