Notícias

Ainda tem dúvidas sobre a vacina de febre amarela? Relaxa, vamos te ajudar!

A Sociedade Brasileira de Pediatria divulgou uma lista de cuidados para as mães e para as crianças

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

calendar-concept-picture-id803213158

Se você ainda estiver se sentindo insegura em tomar a vacina da febre amarela e em dar em seus filhos, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) divulgou uma lista de cuidados que devem ser tomados na vacinação contra a doença. Precisamos estar atentos aos riscos e efeitos adversos, quais são os critérios para receber a imunidade e quais cuidados devemos ter após dar a vacina às crianças.

Espere para dar outras vacinas!

Os pediatras recomendam que após dada a vacina, é preciso aguardar um período para seja administrada outras, como por exemplo a da tríplice viral ou a tetra viral.

A partir de 2 anos, pode dar dose fracionada

Já para as crianças menorzinhas, a dose única ainda é a melhor opção.

Espere para voltar a amamentar!

Quem ainda estiver amamentando bebês menores de seis meses, e deve tomar a vacina, é recomendado que espere em torno de 10 dias para voltar com a amamentação normal.

Evite gravidez!

Após vacinadas, esperem até 30 dias para tentar engravidar, caso esteja nos planos.

Alergias?

Quem tiver alergia ao ovo e à gelatina deve passar por uma avaliação médica, para saber se está apto a receber a vacina.

Seu filho sentiu febre ou outros sintomas?

Segundo os pediatras, é normal sentir dor de cabeça, dores musculares, febre e outros sintomas, após o terceiro ou quarto dia de vacinação.

Leia também:

Guia de vacinas: Febre amarela

Vacina contra febre amarela pode ser incluída no calendário infantil

Guia de vacinas: Tríplice Viral

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não