;
Pais

Loja de roupas de amamentação une praticidade e beleza para valorizar a mulher no pós parto

A ideia é que as mães possam usar em qualquer evento

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

Marianna teve a ideia de criar a loja a partir da experiência com a maternidade (Foto: reprodução/Arquivo Pessoal)

Você com certeza já escutou a frase “Você só entende o que é ser mãe quando se torna uma”. Foi assim que Marianna Rocha se sentiu após o nascimento de Mateus. A partir das suas dificuldades em encontrar roupas pensadas para amamentação, ela resolveu lançar uma loja. A Amor de Leite tem o objetivo de oferecer peças que valorizem a mulher:

“Quando engravidei, trabalhava como assessora de unidades de saúde pública, num cargo que me demandava estar à disposição 24 horas por dia, 7 dias por semana. Não havia hora para entrar nem sair, e eu sabia que seria incompatível com o que havia sonhado para minha maternidade, no quesito dedicação e cuidados com o bebê.

Li todos os textos sobre parto, me preparei para um parto normal e sem intervenções, li sobre as contraindicações do uso de chupetas e mamadeiras e sobre a importância e benefícios da amamentação para o recém-nascido.

Mas quando meu filho nasceu, eu estava 21 kg acima do meu peso normal e meus seios aumentaram de 40 para 46! Nesse momento, me dei conta de que não havia me preparado para amamentar ou pensado nas dificuldades que as mães enfrentam.

Essa é uma das peças disponíveis na loja Amor de Leite (Foto: reprodução/Instagram)

A exceção de camisolas pós-parto, que viviam sujas de leite e não me deixavam à vontade para receber visitas, não tinha quase nenhuma roupa que me coubesse e permitisse o acesso ao seio.

Meu filho mamava bastante e eu produzia bastante leite, então os seios viviam vazando nas roupas, o que me deixava sem alternativas.

Tentei algumas vezes procurar roupas mais fáceis para amamentar nas lojas normais, mas foi bem difícil de achar, fora a dificuldade de me sentir bem nas roupas, por conta do novo corpo. Não sabia escolher tamanho nem modelos que caíssem bem, pois me desconhecia naquelas formas.

Pensei em procurar pela internet as lojas especializadas de roupas para amamentação, e o que encontrei foram peças que tinham a facilidade no acesso aos seios, mas tinham adaptações muito perceptíveis, cores sem graça e com modelagens que me deixariam com aquela “cara de mãe”.

Tudo que eu não queria naquele momento, pois já tinha muita mudança acontecendo e essa sensação me deixava extremamente insegura e frágil. Dessa necessidade que surgiu a ideia de criar uma marca de roupas de amamentação que atrelasse a praticidade para dar de mamar em qualquer local, com a valorização da beleza da mulher que esteja vivendo o puerpério.

Marianna oferece roupas para valorizar as mulheres e sua beleza (Foto: reprodução/Instagram)

De quebra, quis oferecer adaptações que permitam que a mãe use as peças em qualquer lugar: no retorno ao trabalho, em festas ou eventos e até mesmo após o desmame, tamanha sua discrição.

A loja nasceu seis meses após meu filho, e por ser virtual, me oferece a flexibilidade de horários e autonomia necessárias para eu viver a maternidade que desejei, cuidando dele na maior parte do dia, podendo acompanhar seu crescimento e descobertas.

Desde o começo, Mateus me acompanha em feiras e eventos da marca. O convívio com ele e o apoio da minha família me dão forças para perseverar e buscar chegar cada vez mais longe.”

O empreendedorismo foi a saída para Marianna estar próxima a seu filho e criar o que sentia falta no mercado. Se você também tem essa vontade, conte para nós via direct (@paisefilhosoficial) e participe do projeto Nascer de Novo, nossa parceria com a Brascol para valorizar o empreendedorismo materno.

Leia também:

Quer ser a dona do seu próprio negócio? Conheça o projeto Nascer de Novo

Mãe cria Ovo de Páscoa orgânico como opção mais saudável para as filhas

Mãe cria negócio para você curtir programas em família gastando pouco