Pais

Pai é alvo de ameaças depois de fazer alerta sobre ideologia de gênero

Paulistano foi vítima de discurso de ódio e teve rede social derrubada

Gabrielle Molento

Gabrielle Molento ,Filha de Claudia e Pedro

Pai que alertou sobre ideologia de gênero crianças de 4 anos é alvo de ameaças (Foto: Reprodução/ Facebook @

Pai que alertou sobre ideologia de gênero crianças de 4 anos é alvo de ameaças (Foto: Reprodução/ Facebook @leonimarinho)

O paulistano Leoni Marinho, pai de Aisha, de 4 anos, denunciou o ensino de ideologia de gênero na sala de sua filha pela professora. De acordo com a menina, ela reuniu todos os alunos na sala de aula e disse que meninos podem usar vestidos, brincos e pintar a unha. Leoni ficou indignado com os ensinamentos a crianças dessa idade em escola pública.

O pai, que não concorda com o ensino de ideologia de gênero, foi até a escola para pedir explicações e ouviu da diretoria que nada poderia ser feito. Ele relatou o caso para a Câmara Municipal de São Paulo, que entrou com uma ação contra o colégio EMEI Monteiro Lobato, no bairro paulistano de Higienópolis.

Leoni afirmou nessa sexta-feira (14) que foi vítima de ameaças e discurso de ódio e revelou ao site Pleno.News que seu perfil do Facebook foi alvo de protestos e acabou sendo bloqueado durante dez dias. “Logo que o vídeo foi lançado, muitas pessoas da esquerda falaram que iam me denunciar. Aqueles que apoiam a ideologia de gênero dentro da sala de aula vieram, com discurso de ódio mesmo, contra mim”, contou o pai.

Além disso, de acordo com Leoni, eles falaram que o paulistano não era um pai decente para Aisha e ele recebeu uma grande quantidade de denúncias em seu perfil do Facebook, que acabou sendo bloqueado por alguns dias.