Pais

Peças feitas para as filhas ganham visibilidade e mãe decide vender online

Deu tão certo que ela também criou um curso para ensinar outras mães

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

Ela decidiu focar em enxovais e criou a Batatinha Craft (Foto: reprodução/Arquivo Pessoal)

Agda Yosan seguiu o caminho empreendedor motivada pelo nascimento das filhas. Ela se realizou nesse ramo e, hoje, ajuda outras mulheres que também querem se aventurar criando uma empresa: 

“Comecei em 2014 meu negócio de costura criativa, fazendo produtos diversos. Tudo começou como um hobby, um lazer. Minha alegria é me sentir capaz de costurar e transformar tecidos em coisas úteis para meu dia a dia. 

Meu negócio sempre foi movido pela vontade de fazer coisas para minhas próprias filhas. Em 2014, estava grávida da minha segunda filha. Aos poucos esse lazer foi tendo visibilidade principalmente nas redes sociais. Amigos e familiares gostavam e iam encomendando. 

Chegou um momento em que, para me organizar melhor, vi a necessidade de definir um nicho de atuação e escolhi trabalhar com enxovais personalizados para bebês. Foi assim que a minha marca Batatinha Craft cada dia se tornou mais sólida e ganhou uma identidade visual e reconhecimento neste segmento de enxovais para bebês.

O mais incrível ainda estava por vir. Aos poucos, fui recebendo mais pessoas interessadas em dicas para também tocarem os seus negócios de forma profissional e aumentar suas rendas

Eu já oferecia muitas dicas gratuitamente no meu Instagram, pois sempre adorei estudar e repassar tudo o que aprendia. Foi assim que, em 2018, estudando sobre marketing digital e com o apoio do meu marido que já atuava com isso há algum tempo, decidi lançar o primeiro curso para mulheres que empreendem no ramo do artesanato

Foi através de um Grupo de Desafios que consegui no primeiro mês reunir 25 mulheres de várias partes do Brasil que desejavam se desafiar a crescer e desenvolver seus negócios. Foi maravilhoso realizar esse trabalho, fazer parte do sonho e do crescimento delas.

Desde então, eu busco cada dia estudar e me aprofundar no empreendedorismo para ajudar mais mulheres. Já estou na sétima turma desse curso chamado Grupo de Desafios Além da Costura e além dele, já lancei outros dois cursos com temas importantes para as mulheres desenvolverem seus negócios, se desenvolverem como empreendedoras e principalmente se posicionarem melhor no online e aumentarem suas vendas. 

Atualmente, já passaram pelos meus cursos mais de 500 mulheres e eu sou realmente grata por fazer parte da história de mulheres incríveis e determinadas a crescer. Eu acredito que essas mudanças, tanto na mentalidade quanto na prática profissional, são capazes de promover grandes transformações e trazer para essas mulheres mais autonomia, independência financeira e principalmente realização de seus sonhos. Eu sou extremamente grata por fazer parte deles!”

Empreender é a saída de muitas mulheres, uma vez que o mundo corporativo tradicional não é acolhedor com as mães. Por isso, estamos com o projeto Nascer de Novo, em parceria com a Brascol, valorizando e incentivando esses desejos. 

Leia também:

Negócio próprio é xodó de mãe que busca se renovar todos os dias

Experiência com a maternidade faz mãe mudar de carreira e ajudar outras mulheres

Mãe encontra propósito no trabalho empreendendo e cria projeto sustentável