Pais

Pesquisa afirma que pais têm apenas 32 minutos para si mesmos durante o dia

O estudo foi financiado pela Munchery, uma rede online americana de entrega de alimentos

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

(Foto: Getty Images)

O estudo foi financiado pela Munchery, uma rede online de entrega de alimentos (Foto: Getty Images)

De acordo com uma pesquisa americana, nos dias de hoje os pais possuem apenas cerca de 32 minutos do dia dedicados à eles mesmos. Todo o resto do tempo é usado com o trabalho e os filhos.

O estudo foi financiado pela Munchery, uma rede online de entrega de alimentos, e analisou 2 mil pais. Entre eles, 76% trabalham integralmente e 32% ficam até às 20 horas no serviço. Para estes, são cerca de 18 horas por semana dedicadas totalmente aos filhos. Já os que não trabalham o dia todo gastam 30 horas semanais com as crianças.

E tem mais: os pais relataram que vão ao supermercado e lidam com birras mais de 5 vezes por semana. Dá para imaginar? A vida de mãe ou pai e o trabalho ocupa tanto tempo que sobram poucos minutos, aproximadamente meia hora por semana, para ter o próprio tempo.

Você precisa de um tempo para você mesma

Faça o que você ama

Não há uma definição do que faz todas as mulheres felizes, mas a sugestão é encontrar algo que faça você se sentir em equilíbrio. E não se esqueça de sua vida social – que também conta como autocuidado. Toda mãe precisa de uma noite por semana “de adulto”, para sair com os amigos e relaxar.

Programe-se 

Para transformar uma atividade ocasional em um hábito, você precisará fazê-la com frequência e de forma consistente. Na verdade, fazer planos com outras pessoas –  amigos, um personal trainer ou seu parceiro – pode ajudar a garantir que você não vai desistir.  Veja o que gosta de fazer e marque na agenda dias para isso. Assim, não há como furar.

Tenha uma rede de apoio

Para ajudar a garantir que seu autocuidado não se perca no caminho corrido da rotina, convoque seu parceiro ou babá para assumir quando você não está. E não se desculpe por ter se tornado uma prioridade. Em vez de dizer aos seus filhos: “sinto muito por precisar sair”, diga: adivinhe o que a mamãe está fazendo hoje à noite. “Vou sair com os amigos e vai ser tão divertido!”

Da mesma forma, não se sinta culpada por pedir a seu parceiro para intervir. Pai não deve ser visto como babá. Isso é paternidade! Quanto mais oportunidades você dá ao seu parceiro para ficar sozinho com as crianças, melhor relacionamento.

Comece aos poucos

Fato: Mesmo as mães mais ocupadas podem arranjar algum tempo para auto-atendimento. Encontre cinco minuto e comece lá. Isso é tudo o que você tem que fazer. Sente-se e olhe pela janela, deite-se no chão e estenda os braços para os lados, deixando seu coração se abrir e se expandir, medite, respire fundo, essas são apenas algumas ideias. Comece! Nem que seja com cinco minutos.

Leia também:

Você precisa de um tempo para você mesma. E sem culpa!

Mãe também é gente! Veja dicas para não esquecer do casamento depois da chegada dos filhos

Mãe também é gente: 5 motivos para você sair com suas amigas