Pais

Relato de mãe: “Proibi minha filha de ver a mãe biológica para protegê-la de um agressor”

Marie Daniels sempre permitiu a convivência, mas a situação piorou após a mulher se envolver em um relacionamento abusivo

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

Mãe adotiva fala sobre a convivência da filha com o relacionamento abusivo da mãe biológica (Foto: Getty Images)

Marie Daniels fez um relato sobre a convivência da filha adotiva com a mãe biológica. “Sempre mantive a porta aberta, permitindo que a família biológica estivesse presente nas nossas vidas com a frequência que quisessem. No começo, a mãe dela fazia muitas visitas, ligações e nós trocávamos e-mails muitas vezes por semana”, conta.

Marie relembra que, com o passar do tempo, o contato foi diminuindo. Não por escolha dela, mas por escolha da mãe biológica. O que Marie entendeu foi que a mulher precisava criar uma distância da filha para que ela pudesse seguir em frente. Marie conta queria, de alguma forma, aliviar a dor dessa mulher. “Ela me deu o maior presente da minha vida e eu queria mais do que tudo retribuir o favor, facilitando a vida dela”, relembra.

Porém, infelizmente, a vida é mais complicada do que isso. A mãe biológica da filha de Marie estava lutando contra um vício e perdida em relacionamentos abusivos. “Há alguns anos, ela perdeu a custódia dos outros filhos, tanto porque ela dirigiu com eles dentro do carro enquanto estava embriagada, quanto porque ela não estava disposta a sair de um relacionamento com um homem que tinha sido preso por espancá-la na frente dos filhos”, explica Marie.

Desde esse acontecimento, Marie não ouviu mais falar da mulher e acha que, de muitas maneiras, os filhos dela tinham sido como âncoras, impedindo que ela ultrapassasse os limites. “Como ela não tinha mais eles, nada poderia segurá-la”, disse. “Tem sido difícil porque minha filha quer muito conviver com a família biológica. Eu tento dar o máximo de acesso possível, mas ela cresceu e agora quer conhecer de verdade a mãe. E, infelizmente, não posso fazer isso por ela”.

Após alguns anos, a mãe procurou por Marie e pela filha. Marie ficou tão animada que não conseguiu manter segredo e contou para a filha que a visita aconteceria naquele fim de semana. Porém, a mãe não compareceu e nem ligou para avisar. Uma semana depois, ela ligou novamente para pedir desculpas e marcar uma nova visita.

Um dia antes, ela contou para Marie o que estava acontecendo: “Ela queria que o namorado, aquele que estava batendo nela há anos, fosse junto na visita”, conta Marie. “Eu sabia que não poderia deixá-lo perto da minha filha, mas ela não quis saber disso e contou que iria se casar com ele. Ela me disse que queria que minha filha o conhecesse e queria levá-la para passar um tempo com a família dele também”.

Quando Marie finalmente admitiu que não se sentia confortável com a situação, a mãe cancelou a visita. “Sinto muito que você se sinta assim, ela me disse, mas se ele não pode vir, então eu não quero ver vocês também”, conta. Marie diz que ficou com o coração partido por ela, pela filha e pela situação que não tinha esperança de melhorar.

Marie disse que ficou muito irritada com a situação e que fez de tudo para que a relação da mãe biológica com a filha pudesse dar certo. “Mas eu nunca poderia ter me preparado para essa corda bamba de tentar manter essas conexões enquanto tentava proteger minha filha, nunca imaginei como isso seria complicado”, ela disse.

Marie finaliza dizendo que nunca mais ouviu falar da mãe biológica de sua filha e que isso parte seu coração. “Eu espero e rezo para que algum dia ela volte e que possamos vê-la mais uma vez. Mas se não acontecer, espero que minha filha sempre sinta o meu amor”, conclui.

Leia também:

Escola pede fotos de grávida e mãe adotiva tem ideia surpreendente

Filho adotivo realiza sonho da paternidade e adota 3 meninos: “Sou o pai que gostaria de ter tido quando criança”

Mãe descobre que os dois filhos adotivos são irmãos: “Um enorme milagre”