Pais

Roda de conversa entre mães vira negócio para mulher: “A carapuça não nos deixa mostrar fragilidade”

Siomara quer ampliar ainda mais o projeto

Yulia Serra

Yulia Serra ,filha de Suzimar e Leopoldo

Siomara criou a Dicas Babies & Kids e hoje se sente realizada (Foto: reprodução/Arquivo Pessoal)

A maternidade pode trazer o sentimento de solidão para as mulheres. Não tem como se preparar 100% para essa nova fase da sua vida e tudo o que é novo causa um estranhamento. Por isso, Siomara da Costa, resolveu deixar o trabalho e empreender com a vinda de Marcel. O objetivo do negócio é a troca de experiências entre as mães:

“Fui mãe aos 42 anos. Nesse momento de aceitação de uma nova vida após o nascimento do meu filho, passei por duas depressões.

Sou bióloga, especialista em saúde pública e toxicologia, mestrado em Biologia Celular, Doutorado em Meio Ambiente. Trabalhava em pesquisa científica na UERJ e era o que eu sempre sonhei fazer… Até a maternidade.

Depois de conseguir driblar todos os acontecimentos e aceitar a minha nova realidade, comecei a reparar que minhas amigas e conhecidas passavam pelos mesmos problemas.

Resolvi sair do meu ‘trabalho’ e fui em busca de algo em que me encaixasse. Sabia que não queria estar mais na ‘academia’ e que queria ajudar outras mães e pais nessa nova jornada.

Sei que a carapuça de mãe não nos deixa mostrar essa fragilidade na frente da sociedade. E o sofrimento é maior do que se pensa. Assim percebi que, como sempre, minha preocupação com a mulher mãe é grande. Quero ver essa nova mulher feliz.

Por causa disso estou me dedicando a fazer pequenas rodas de conversas e contar a minha história para ajudar essas mães. Lá, elas também podem compartilhar as histórias pessoais.

As rodas de conversa servem para troca de experiências e apoio (Foto: reprodução/Arquivo Pessoal)

Com essa troca, o objetivo da Dicas Babies & Kids é mostrar que não existe uma verdade exata sobre maternidade.

O caminho não é fácil, mas já tenho um pequeno grupo de mulheres formado. Nós trocamos experiências e eu espero ampliar minhas rodas até o meio do ano. Assim consigo fazer algo que gosto, ajudar pessoas, e dar atenção ao meu filho da maneira que gostaria.”

Se você também é mãe e criou um negócio próprio após o nascimento do seu filho, participe do projeto Nascer de Novo e conte a história para a gente. Ela poderá ser a próxima a aparecer nas nossas matérias e você poderá ganhar lotes de produtos da Brascol.

Leia também:

Negócio em família: o que acontece quando parentes viram sócios?

Mãe se reinventa com a chegada do filho e passa a dar aulas de Yoga para crianças e adultos

Mãe se realiza com loja online infantil após 14 anos como empreendedora